PIRACICABA, DOMINGO, 24 DE JANEIRO DE 2021
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

08 DE JANEIRO DE 2021

Vereadores iniciam mandato com ações na saúde e pedidos para bairros


Proposituras protocoladas pelos parlamentares na primeira semana de 2021 também questionam finanças do município e decisões do governo paulista.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 Salvar imagem em alta resolução

Primeira semana de 2021 teve o protocolo de dezenas de proposituras na Câmara



O início da 18ª legislatura manteve o ritmo de trabalho da Câmara de Vereadores de Piracicaba ao longo dos últimos anos, com destaque para cobranças direcionadas ao Executivo por maior atenção aos bairros. Na primeira "semana cheia" desde a posse, no dia 1º, os parlamentares protocolaram proposituras com questionamentos sobre as finanças do município, demandas de mais de 50 localidades, ações na área da saúde e iniciativas voltadas à educação, às mulheres e aos animais.

Mauro Rontani, que chefia o Departamento de Administração, salientou que a semana inaugural de trabalhos teve os últimos ajustes para a instalação dos parlamentares e suas equipes nos gabinetes e serviu para colocar os novos vereadores em contato com o funcionamento da Casa. Ele destacou que os eleitos para o primeiro mandato têm sido "muito solícitos e interessados em participar e entender" a dinâmica da Câmara.

"Esses primeiros dias foram mais de adaptação e acomodação dos novos vereadores nos gabinetes, em que eles conheceram um pouco o funcionamento da Casa e os instrumentos de trabalho a que terão direito para exercerem o mandato, já se ambientando ao dia a dia do Legislativo e a como vão atuar nos quatro anos", comentou Mauro Rontani, acrescentando que os 23 parlamentares "mostram bastante ânimo para desempenhar seu trabalho".

Ao ser eleito para a segunda gestão à frente da Câmara, o presidente Gilmar Rotta (CID) disse que atuará pelo Legislativo de maneira unida, "dando as mesmas condições a todos". "Como ocorreu na minha gestão anterior, agora trabalharemos para que todos os vereadores sejam atendidos e tenham estrutura para exercer o seu trabalho nesta Câmara", afirmou, logo após a votação da composição da nova Mesa Diretora no dia 1º.

Os atos iniciais dos 23 vereadores da atual legislatura, em proposituras protocoladas na Câmara, trazem questionamentos à nova administração, de Luciano Almeida (DEM), sobre o saldo financeiro da Prefeitura e do Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) ao final de 2020, último ano de Barjas Negri (PSDB) como prefeito, e ao valor que Piracicaba recebeu do governo federal, no ano passado, para o combate à covid-19.

As iniciativas também se dirigem ao governo paulista, em apelo para que seja revista a decisão da gestão João Doria (PSDB) de cortar 12% dos repasses mensais de atendimento ao SUS (Sistema Único de Saúde) e em repúdio ao aumento do ICMS para alimentos, medicamentos e insumos agrícolas.

Entre as primeiras ações dos vereadores, também estão as propostas de criação dos fóruns permanentes de Educação e de Proteção e Defesa dos Animais e de realização de eventos voltados à divulgação da Lei Maria da Penha, à Semana da Mulher e ao fim da violência contra as mulheres. Também está prevista a promoção de atividades, ao longo do ano na Câmara, alusivas à doença de Parkinson, ao HIV e às hepatites virais, ao diabetes e à prevenção ao suicídio.

Por meio de indicações, instrumento legislativo usado pelos vereadores para assessorar e fiscalizar o Executivo na administração do município, os parlamentares alertam a nova administração sobre problemas em mais de 50 bairros, segundo levantamento feito pelo Departamento de Assuntos Legislativos, até as 12h desta sexta-feira (8).

As proposituras trazem solicitações por melhorias na iluminação pública, instalação de lombadas e faixas elevadas de travessia de pedestres, construção de rotatória e calçada, colocação de semáforo, capinação, corte de mato e limpeza de praças e áreas verdes, poda de árvores e contra o despejo irregular de lixo.

Também são reforçados ao prefeito Luciano Almeida pedidos por manutenção em estradas ruraisfornecimento de águarecapeamento e operação tapa-buracos, conserto em rede de esgoto, mudança de direção de viasinalização de trânsitomedidas contra enchentes e compra de seringas para estoque.

As cobranças atendem a demandas de bairros como AlgodoalAlto do São FranciscoAlvoradaAnhumasAreiãoÁrtemisBairro AltoBosque da Água BrancaCampestreCaxambuCentroChácara Nazareth II, ChapadãoCidade AltaDois CórregosGlebas CalifórniaGlebas NatalinasHigienópolisJardim Boa EsperançaJardim Colina VerdeJardim Costa RicaJardim EliteJardim GlóriaJardim IpanemaJardim Noiva da ColinaJardim Panorama e Jardim Petrópolis.

A lista também inclui pedidos que vêm de moradores das localidades Lago AzulMário DediniMonte BrancoMonte LíbanoMorumbiNova AméricaNova PiracicabaNova SuíçaParque Nossa Senhora das GraçasParque OrlandaParque São Matheus IIPaulistaPerdizesPompeiaPortal da Água BrancaSantanaSanta Fé 3Santa OlímpiaSanta RitaSanta Rita GarçasSanta TeresinhaSão DimasSão JorgeSertãozinhoSol Nascente 2TanquinhoVale do SolVila PrudenteVila Rezende e Vila Sônia.



Texto:  Ricardo Vasques - MTB 49.918
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Legislativo André Bandeira Ary Pedroso Jr Laércio Trevisan Jr Paulo Henrique Ronaldo Moschini Gilmar Rotta Paulo Camolesi Paulo Campos Pedro Kawai Rerlison Rezende Aldisa Marques Wagner Oliveira Zezinho Pereira Cassio Luiz Alessandra Bellucci Acácio Godoy Ana Pavão Josef Borges Thiago Ribeiro Gustavo Pompeo Rai de Almeida Anilton Rissato Fabricio Polezi Silvia Maria Morales

Notícias relacionadas