PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 20 DE MAIO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

29 DE MARÇO DE 2022

Palestra discute planejamento estratégico de marketing político


Evento on-line, o último de um ciclo de três palestras, foi promovido pela Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Piracicaba nesta sexta-feira (25)



EM PIRACICABA (SP)  

Salvar imagem em alta resolução

Evento aconteceu na última sexta-feira (25)





A Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Piracicaba promoveu, na tarde desta sexta-feira (25), o terceiro e último encontro do ciclo de palestras sobre o tema "Marketing Político e Eleitoral no Contexto da Comunicação Digital", todas ministradas pelo estrategista de marketing político e eleitoral, Gilmar Arruda de Souza. O evento apresentou uma visão ampla das etapas de um planejamento estratégico de marketing político e eleitoral, desde a pesquisa até a mobilização, com foco no ambiente digital.

O primeiro encontro teve como objeto a compreensão de alguns conceitos e mecanismos do marketing político de forma a possibilitar aos participantes elementos para a construção de um "posicionamento político" efetivo, ou seja, permitir aos candidatos e assessores políticos a elaboração de estratégicas voltadas à projeção de sua imagem junto a determinado público.

Já a segunda palestra abordou a conceptualização de elementos que interferem diretamente nos resultados e estratégias de marketing político e eleitoral num cenário capturado por disputas materiais e simbólicas mediadas pelas novas tecnologias digitais.

De acordo com Arruda, para compreender o marketing de conteúdo, é preciso considerar três importantes pilares: criar, entregar e gestão. A criação, segundo ele, precisa ser entendida como algo direcional. “Não é apenas criar o conteúdo, mas criar de forma que direcione para uma persona, com estratégia e posicionamento”.

Já a entrega diz respeito aos canais preferenciais onde o conteúdo será disponibilizado ao eleitorado, que podem ser redes sociais, canais de vídeo como YouTube ou mesmo um site pessoal.

Na gestão é onde são colocados os indicadores que irão atestar se o processo está de fato dando certo ou não. "Essa é única maneira de saber se a estratégia que você adotou está de fato surgindo efeito", comentou.

Para Gilmar, é importante organizar as demandas em um calendário editorial, que considere desde o dia em que serão feitas as publicações, o público alvo, o tema da postagem, o objetivo, quem são os responsáveis e o formato que será usado. 

“Nós sabemos que a comunicação, hoje em dia, é muito fluida, e determinados acontecimentos, se não forem postados naquele dia, na manhã seguinte não terão mais efeitos. Além do calendário, é preciso trabalhar com os assuntos mais comentados”, disse.

Segundo o estrategista, é importante conhecer o seu público e entregar um conteúdo que agregue valor para as pessoas que irão consumir. “Dentro do marketing, valor é aquilo que resolve o problema do outro”, explicou.

No novo marketing político, ele disse que o desafio é “romper as barreiras do discurso 'ganhar versus perder' e caminhar para um diálogo 'ganhar versus ganhar' ”. Além disso, é preciso fazer o uso das palavras corretas para boa comunicação com o público em uma tomada de decisão.

De maneira objetiva, Gilmar classifica que o processo tem início chamando atenção, para em seguida criar conexão e, na sequência, apresentar o problema, mostrar a solução e, depois fazer, a oferta. "Na linguagem política, isso está relacionado a satisfação plena do voto", explicou. 

Para conferir a íntegra da palestra, basta clicar no vídeo que acompanha a matéria. 



Texto:  Pedro Paulo Martins
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Escola do Legislativo

Notícias relacionadas