PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 5 DE JULHO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

10 DE JUNHO DE 2022

Na tribuna popular, munícipe pede flexibilização de lei sobre ruídos


Marcos Roberto Veríssimo solicitou apoio dos vereadores para flexibilizar a lei sobre ruídos, que, segundo ele, "o volume permitido é muito baixo"



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 Salvar imagem em alta resolução

Marcos Roberto Veríssimo utilizou a tribuna popular



O empresário do setor de eventos, Marcos Roberto Veríssimo, utilizou a tribuna popular da Câmara durante a 25ª reunião ordinária, realizada nesta quinta-feira (9), para falar sobre o tema: "Ruídos em determinados horários em espaços comerciais durante eventos, em especial em ambientes abertos".

Ele abordou a lei municipal sobre ruídos. Segundo Marcos Roberto, "a situação está grave". "Trabalho na área de eventos e shows, está tendo um desemprego no meio de eventos. A gente não está conseguindo trabalhar direito pelo fato de ter muitas denúncias por causa do barulho. Não existe um alvará de música ao vivo e nem de voz e violão em Piracicaba. O volume permitido é muito baixo", afirmou.

Ele sugeriu flexibilizar a lei, sem deixar de respeitar o silêncio necessário. "Eu tenho um grupo há 35 anos, já viajei o Brasil todo e as pessoas perguntam o que acontece em Piracicaba", contou.

O profissional argumentou também que "quando uma pessoa trabalha durante o dia e perde o emprego, tenta obter uma renda imediata e o primeiro setor que procura é o de eventos". "Só no meu grupo, se hoje eu paro de trabalhar, são 20 pessoas que param também. Todos que trabalham à noite ou trabalham de dia precisam trabalhar. Eu conto com vocês e eu preciso dessa flexibilização", concluiu.

 



Texto:  Rebeca Paroli Makhoul - MTB 25.992
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Tribuna Popular

Notícias relacionadas