PIRACICABA, QUINTA-FEIRA, 20 DE JUNHO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

04 DE OUTUBRO DE 2018

Bandeira conhece projeto que doa perucas de lã a crianças com câncer


Campanha "Fios do Bem" precisa da doação de novelos para que voluntárias os transformem em perucas inspiradas em personagens do universo infantil.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (1 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Novelos de lã doados são transformados, com a colaboração de voluntários, em perucas para crianças com câncer

Novelos de lã doados são transformados, com a colaboração de voluntários, em perucas para crianças com câncer
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (2 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Novelos de lã doados são transformados, com a colaboração de voluntários, em perucas para crianças com câncer

Novelos de lã doados são transformados, com a colaboração de voluntários, em perucas para crianças com câncer
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (3 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Novelos de lã doados são transformados, com a colaboração de voluntários, em perucas para crianças com câncer

Novelos de lã doados são transformados, com a colaboração de voluntários, em perucas para crianças com câncer
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (4 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Novelos de lã doados são transformados, com a colaboração de voluntários, em perucas para crianças com câncer

Novelos de lã doados são transformados, com a colaboração de voluntários, em perucas para crianças com câncer
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (5 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Novelos de lã doados são transformados, com a colaboração de voluntários, em perucas para crianças com câncer

Novelos de lã doados são transformados, com a colaboração de voluntários, em perucas para crianças com câncer
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (6 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Novelos de lã doados são transformados, com a colaboração de voluntários, em perucas para crianças com câncer

Novelos de lã doados são transformados, com a colaboração de voluntários, em perucas para crianças com câncer
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Novelos de lã doados são transformados, com a colaboração de voluntários, em perucas para crianças com câncer






Quanto custa um sorriso de uma criança? Uma ação de solidariedade liderada por duas mulheres em Piracicaba está transformando lã em perucas "descoladas" para crianças com câncer. Batizada de "Fios do Bem", a campanha idealizada pelas amigas Rosani Fidélis Oliveira e Amanda de Moura Camolesi busca a doação de novelos ––ao preço de R$ 3,90 a unidade–– para a confecção do adereço.

A ideia de tricotar perucas inspiradas em personagens do universo infantil ––de Homem-Aranha a Batman, passando por Minions, Capitão América e Elsa, a princesa do filme "Frozen"–– surgiu de um vídeo que Rosani recebeu no celular sobre o meio encontrado por um movimento nos Estados Unidos para lidar com o impacto que a queda de cabelo gera em crianças que estão em tratamento químico contra o câncer.

Rosani, então, compartilhou a ideia com Amanda, que já passou por situação semelhante, dois anos atrás, em razão da quimioterapia contra o lúpus com o qual fora diagnosticada. As duas amigas se juntaram, entraram em contato com a Xodó Artesanatos ––loja especializada em matéria-prima para trabalhos artísticos manuais–– e convidaram, pelas redes sociais, quem estivesse disposto a colaborar com mão-de-obra voluntária.

"Como fiz quimioterapia e perdi também os cabelos, sei o quanto é ruim, como é duro quando as pessoas te olham. É estranho no começo. E a cabeça da criança, quando o cabelo cai, fica gelada, então a peruca vai aquecê-la. Coloquei-me no lugar de uma delas e foi aí que surgiu a ideia. Imaginei: se fosse eu quem estivesse ganhando a peruca, iria gostar muito", disse Amanda.

Desde junho, a equipe de voluntárias, que reúne professoras da Xodó e pessoas com habilidade no tricô, produz um mínimo de cinco perucas a cada encontro, que acontece toda segunda e quinta-feira, das 13h às 17h, no espaço da loja reservado para cursos. O grupo pretende realizar uma grande doação de perucas ao Graac (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer), de São Paulo (SP), no final de outubro ––mais de 100 já estão prontas.

"Uma criança sem cabelo, quando recebe uma peruca dessa, imagine: se acha maravilhosa, é como se fosse o cabelo mesmo!", comentou Rosani, ao dar o exemplo da primeira entidade beneficiada com o projeto, a Vaccip (Voluntários em Ação Contra o Câncer Infantil de Piracicaba). "Toda vez que estão cuidando de uma criança eles nos chamam. Perguntamos qual personagem ela prefere, levamos a peruca e realizamos o desejo delas."

O vereador André Bandeira (PSDB) conferiu o trabalho das voluntárias na tarde desta quinta-feira (4), em visita à Xodó Artesanatos. O parlamentar, que havia conhecido a campanha por meio de sua esposa, quer "divulgar o máximo possível esse trabalho à comunidade para que possam ter mais doações e atender mais crianças" ––segundo Rosani, o estoque atual de novelos "está bem baixo".

"Como falar 'não' a um projeto como esse? Vemos que todas essas perucas têm motivos de super-heróis, personagens de desenhos. O câncer já é extremamente complicado ––e o vermos numa criança é algo terrível–– e uma coisa tão simples como essa é capaz de trazer uma sensação de bem-estar à criança e de interferir para melhor na evolução do quadro dela", completou André Bandeira.

Além de ceder o espaço para as voluntárias tricotarem, a Xodó também negociou com fornecedores preço mais baixo nos novelos e, inclusive, a doação de vários deles ao "Fios do Bem". "É um projeto tão bonito; se cada um puder fazer um pouquinho... A causa é maravilhosa!", destacou a proprietária da loja, Mônica Moraes.

Para colaborar com a campanha, basta entrar em contato com as voluntárias, por meio dos perfis "Fios do Bem Piracicaba" nas redes sociais, ou ir até a Xodó, na rua Benjamin Constant, no Centro. Na loja, é possível tanto participar do grupo que cede a mão-de-obra na confecção das perucas, quanto comprar e doar os novelos de lã ––chega-se a usar até cinco em cada adereço, caso ele se inspire em personagens femininas.



Texto:  Ricardo Vasques - MTB 49.918
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  Paulo Soares - MTB 62.602
Reportagem de TV:  Thierry Marsulo
Edição de TV:  Paulo Soares - MTB 62.602


Tópicos: CidadaniaAndré Bandeira

Notícias relacionadas