PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 10 DE AGOSTO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

31 DE MAIO DE 2022

Piracicaba aguarda verbas da FDE para impulsionar setor educacional


O vereador André Bandeira, em tratativas com o dirigente regional de Ensino, Fábio Negreiros, avalia decisões que terão impactos na formação de jovens e adultos



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Assessoria parlamentar (1 de 2) Salvar imagem em alta resolução

Piracicaba aguarda verbas da FDE para impulsionar setor educacional

Piracicaba aguarda verbas da FDE para impulsionar setor educacional
Foto: Assessoria parlamentar (2 de 2) Salvar imagem em alta resolução

Piracicaba aguarda verbas da FDE para impulsionar setor educacional

Piracicaba aguarda verbas da FDE para impulsionar setor educacional
Foto: Assessoria parlamentar Salvar imagem em alta resolução

Piracicaba aguarda verbas da FDE para impulsionar setor educacional



O vereador André Bandeira (PSDB), nesta quinta-feira (30), se reuniu com o dirigente regional de Ensino, Fábio Augusto Negreiros para tratar de alguns assuntos educacionais que repercutem na formação de jovens e adultos em Piracicaba. Dentre os principais temas, o parlamentar destaca a última reunião com a diretora Andrea de Negri Bello, sobre acessibilidade na Escola Estadual Professora Jaçanã Altair Pereira Guerrini, localizada na Vila Independência.

Segundo o dirigente Fábio Negreiros, esta escola passou por vistoria em 4 de maio, pela FDE ( Fundação para o Desenvolvimento da Educação). Após vistoria, foram relatadas algumas adequações que precisam ser realizadas na escola e segundo Negreiros, o recurso, por se tratar de um valor alto, precisa vir do FDE.         

Em função do relatado, a fiscalização emitiu um relatório fotográfico, mostrando a adequação já realizada no banheiro da escola e nas demais adequações que precisam ser realizadas, de acessibilidade, onde serão enviadas para análise e projeto para o orçamento. Segundo a diretora Andrea Bello, as demandas serão enviadas à FDE. Além disso, o vereador André Bandeira também disse que entrará com uma moção de apelo à Fundação e à Secretaria da Educação do Estado de São Paulo para reforçar o pedido.

Também foi discutido na reunião a mudança do Ceeja (Centro Estadual de Educação para Jovens e Adultos) - "Professor Antônio José Falcone" para um novo espaço físico. O vereador André Bandeira reitera que se encontrou com representantes do Ceeja, em 2021, onde foi solicitado a intermediação com o Poder Público para viabilizar um novo espaço físico de funcionamento.

Conforme informação dos diretores da escola, na ocasião, o Ceeja contava com a participação de 2.800 alunos, de aproximadamente 25 cidades diferentes próximas a Piracicaba. No quadro de funcionários, a unidade conta com 27 professores, três funcionários e dois diretores, que ocupam duas salas da mantenedora, o Etec (Centro Educacional Paula Souza).

Os representantes da unidade informaram ao parlamentar que, por decisão do Ministério Público, o prédio da mantenedora está passando por uma reforma, o que exige que o Ceeja encontre um espaço para dar seguimento às suas atividades.

Na época, os diretores relataram ainda que, em 2019 houve uma conversa com o diretor regional de Ensino, pelo qual o assunto foi levado até à Secretaria Estadual de Educação, que considerou a necessidade de ser montada uma comissão para avaliar locais que pudessem ser ocupados pela escola. "Na ocasião, escolas estaduais como a 'Barão do Rio Branco' e a 'Sud Mennucci' foram cotadas, porém sem sucesso na efetivação", relataram os diretores.

"O estudo para jovens e adultos é um trabalho que eu respeito muito. A capacitação profissional é um assunto extremamente importante de ser trabalhado e valorizado no município. Muitas pessoas acabaram parando de estudar para trabalhar e depois perderam o emprego. Hoje, para voltarem a atuar no mercado de trabalho elas precisam, no mínimo, de uma certificação de ensino médio", destacou o vereador.

Na reunião com o dirigente Fábio Negreiros a informação é que o prédio que atualmente abriga o Posto Fiscal, localizado na rua do Rosário, pertence à Secretaria da Fazenda de São Paulo, sendo que é a proposta mais viável para o Ceeja, e que estão aguardando os trâmites legais.

A expectativa é que de posse do prédio, haverá mais condições de iniciar as reformas necessárias para receber o Ceeja e também um Centro de Inovações Tecnológicas - um espaço que permitirá a criação, o desenvolvimento, a avaliação e a disponibilização de práticas e tecnologias para atenderem aos desafios da educação pública contemporânea.

 



Texto:  Assessoria parlamentar
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Revisão:  Martim Vieira - MTB 21.939


Educação André Bandeira

Notícias relacionadas