PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE SETEMBRO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

19 DE AGOSTO DE 2022

Palestra traz à tona a importância da saúde mental dos cuidadores


Evento produzido pela Escola do legislativo contou com a participação do psicólogo clínico Sérgio de Oliveira Santos e do músico Lucas Galli



EM PIRACICABA (SP)  

Escola do Legislativo promoveu palestra on-line na tarde desta sexta-feira (19)

Escola do Legislativo promoveu palestra on-line na tarde desta sexta-feira (19)

Vereadora Silvia Morales fez a abertura do evento

Vereadora Silvia Morales fez a abertura do evento

Escola do Legislativo promoveu palestra on-line na tarde desta sexta-feira (19)

Escola do Legislativo promoveu palestra on-line na tarde desta sexta-feira (19)
Salvar imagem em alta resolução

Escola do Legislativo promoveu palestra on-line na tarde desta sexta-feira (19)





A Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Piracicaba (SP) Antônio Carlos Danelon – “Totó Danelon” – promoveu na tarde desta sexta-feira (19) a palestra “Cuidar do cuidador: a invenção saudável de si através do cuidado do outro”, ministrada pelo psicólogo clínico Sérgio de Oliveira Santos.

Pelo formato on-line, o evento foi aberto pela vereadora Silvia Morales (PV) – do mandato coletivo “A cidade é sua”. Graduado e licenciado em Psicologia pela Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba), Santos conta com mestrado e doutorado pela Unesp (Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”), além de mestrado em Direito pela Unimep. É especialista em intervenção na automutilação e prevenção ao suicídio.

“Não há nada no ser humano que o defina antes que ele exista”, disse Santos ao iniciar a sua apresentação. O cuidador, na ótica do palestrante, adoece mais, com relação  a pessoa que está recebendo cuidados, o que não significa, por exemplo, que o cuidador vai desenvolver a mesma patologia da pessoa que está recebendo atenção.

Mas, Santos, pondera: “Quando a pessoa sai de um espaço amoroso, harmonioso e saudável de existência ela precisa voltar o mais rápido para o estado de harmonia”, de modo que o cuidado não adoeça devido a uma proximidade com pessoas que desenvolveram doenças degenerativas, além de outras enfermidades.

O ser humano tem a necessidade de relacionamento com o outro “para descobrir aquilo que é necessário e aquilo que é passageiro, desnecessário”, exemplifica o facilitador. Um dos questionamentos do palestrante durante a apresentação é como estamos cuidando de nós mesmos.

Para exemplificar o conteúdo, Santos cantou “Paciência”, de Lenine, acompanhado do músico Gali, no violão. “Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma, até quando o corpo pede um pouco mais de alma, a vida não para”, é o início da canção, que expressa a necessidade de o ser humano cuidar de sua saúde mental.

Recordar, repetir e elaborar aponta, Santos, também são importantes para permitir a transmutação dos nossos traumas, perspectivas e expectativas. “Quando estamos nesse lugar de cuidador é preciso que a gente reveja os nossos traços, porque é somente ali que poderemos estar no presente, de modo que trazemos à tona recursos simbólicos condizentes com esse lugar. É o típico caso de um adulto cuidando de seu pai, velhinho, acamado, sem conseguir se desprender das surras que tomava do pai, além de outras vezes que esse mesmo pai fez o filho sofrer”.

O psicólogo reitera que, para ter qualidade no cuidado é preciso “fazer o mergulho em si”, de modo a separar e esquecer os maus momentos, principalmente quando a relação cuidador e vítima é familiar.

A palestra do psicólogo Sérgio de Oliveira Santos pode ser vista no vídeo, ao lado esquerdo da página. Outras informações sobre a grade de cursos da Escola do legislativo podem ser obtidas pelo escola.camarapiracicaba.sp.gov.br. 

 



Texto:  Marcelo Bandeira - MTB 33.121
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Escola do Legislativo

Notícias relacionadas