PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

25 DE SETEMBRO DE 2020

Em sessões extras, Câmara aprova projeto da LDO 2021 com três emendas


Conforme texto do projeto aprovado, arrecadação prevista para 2021 no município é de R$ 1,898 bilhão



EM PIRACICABA (SP)  

Salvar imagem em alta resolução


A Câmara realizou as 41ª e 42ª reuniões extraordinárias, na noite desta quinta-feira (24), para analisar o projeto de lei 69/2020, que dispõe sobre a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para 2021. O texto enviado à Casa pelo Executivo foi aprovado com três das quatro emendas sugeridas pelos vereadores. 

A arrecadação prevista para 2021 no município é de R$ 1,898 bilhão. As receitas da prefeitura devem alcançar R$ 1,528 bilhão (excetuando os órgãos da administração indireta). O anexo 1 ao projeto está disponível no site da Câmara e pode ser acessado também neste link. O documento possui 463 páginas e detalha a divisão dos recursos por órgãos da administração pública.

Entre os destaques está o corte de R$ 7,21 milhões que a própria Câmara propôs à previsão original de seu orçamento 2021. Com isso, o recurso permanece com a prefeitura, que pode aplica-lo em outras áreas. O repasse ao Legislativo será de R$ 41,95 milhões, 14,7% inferior que os R$ 49,16 milhões estabelecidos em 2017, quando o atual PPA (Plano Plurianual), que abrange o período de 2018 a 2021, foi aprovado.

A justificativa do projeto de lei menciona que os parâmetros de previsão foram mantidos, de acordo com o PPA 2018-2021, "pois os efeitos da crise do novo coronavírus nos impedem, nesse momento, de fazer cálculos mais precisos sobre o desempenho da atividade econômica". A justificativa reforça: "provavelmente termos uma recessão, ocasionando ações de enfrentamento na área social e despesas emergenciais na área de saúde". 

Além disso, o Executivo – autor do projeto – diz que "as metas físicas e financeiras serão revisadas juntamente com o protocolo da LOA (Lei Orçamentária Anual) para 2021, onde teremos um cenário econômico mais definido sobre as perdas de receitas e as restrições e necessidades de despesa".

EMENDAS – Aprovada por 18 votos favoráveis e três contrários, a emenda 1 sugere investimentos de R$ 3 milhões no combate às perdas de água, “que hoje gira em torno de 46% do total da água produzida em nossa cidade”. 

Antes de sua votação, os parlamentares analisaram o parecer contrário da CLJR, rejeitado 14 votos contrários e 8 favoráveis. O relatório da CLJR menciona que do ponto de vista legal e constitucional, a emenda estava em desacordo com dispositivos do ordenamento jurídico e interferia na previsão orçamentária "já comprometida com os serviços essenciais, serviços esses que o município não pode abrir mão". 

emenda 2, que teve 17 votos favoráveis e cinco contrários, trata da pavimentação da rua Rosa Francelina de Abreu, em Anhumas, da rua Angelo Serimarco, no bairro Vila Prudente, e da Estrada Pedro Joaquim Silveira, no bairro Campestre.

Também aprovada, a emenda 4 solicita a inclusão de R$ 1,3 milhão para ser investido na implantação de Hortos Medicinais nos Crabs (Centros de Referência a Atenção Básica de Saúde do Município). Ela teve 18 votos favoráveis e quatro contrários.

Já a emenda 3, devido à similaridade com a emenda 1, teve sua votação comprometida. Neste caso, a proposta era de aumento de R$ 100 mil no investimento para substituição de tubulações da rede adutora do município. 

ENTENDA – Em linhas gerais, a LDO estabelece quais serão as metas e prioridades para o ano seguinte. Para isso, fixa o montante de recursos que o governo pretende economizar; traça regras, vedações e limites para as despesas dos Poderes; autoriza o aumento das despesas com pessoal; regulamenta as transferências a entes públicos e privados; disciplina o equilíbrio entre as receitas e as despesas; indica prioridades para os financiamentos pelos bancos públicos.


LEIA MAIS

- Câmara aprova LDO com emendas e reconhecimento de dívida com Via Ágil

- Orçamento municipal de 2021 recebe quatro propostas de emendas

- LDO confirma corte de R$ 7,21 milhões no orçamento da Câmara em 2021

- Audiência pública, nesta quarta, detalha LDO 2021 e alterações no PPA 

- Câmara reduz em R$ 8 milhões seu orçamento para 2021



Texto:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Legislativo André Bandeira Ary Pedroso Jr Carlos Gomes da Silva Dirceu Alves José Longatto Laércio Trevisan Jr Paulo Henrique Ronaldo Moschini Gilmar Rotta Matheus Erler Paulo Campos Pedro Kawai Paulo Serra Rerlison Rezende Isac Souza Jonson Oliveira Adriana Nunes Lair Braga Nancy Thame Marcos Abdala Osvaldo Schiavolin Aldisa Marques Wagner Oliveira

Notícias relacionadas