PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 14 DE JUNHO DE 2021
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

01 DE JUNHO DE 2021

Conselho avalia Escola do Legislativo e mira novas ações


No mês de maio foram 1.262 inscritos nos 23 cursos e 13 encontros de atividades pela Escola, que já se prepara para o segundo semestre com foco nas redes sociais



EM PIRACICABA (SP)  

Conselho avalia Escola do Legislativo e mira novas ações

Conselho avalia Escola do Legislativo e mira novas ações

Conselho avalia Escola do Legislativo e mira novas ações

Conselho avalia Escola do Legislativo e mira novas ações
Salvar imagem em alta resolução

Conselho avalia Escola do Legislativo e mira novas ações



O conselho consultivo da Escola do Legislativo “Antonio Carlos Danelon – Totó Danelon”, da Câmara Municipal de Piracicaba, sob a direção da vereadora Sílvia Morales (PV), do Mandato Coletivo A Cidade É Sua, e coordenação do vereador Pedro Kawai (PSDB), juntamente com os conselheiros: os professores Heliani Berlatto (Esalq) e Josué Adam Lazier (Unimep), e o diretor do Departamento de Documentação e Transparência da Câmara, Bruno Didoné, na manhã desta terça-feira (1.º), às 8 horas, via on line, pela plataforma Zoom, em reunião mensal, se encontraram para avaliações, com foco no mês de maio, que teve 1.262 pessoas inscritas, nos 23 cursos credenciados e 13 encontros de atividades, na realização de oficinas e discussões temáticas. Além de ponderarem sobre a possibilidade da Escola ampliar sua projeção perante as redes sociais, no uso do linkedin e outras plataformas na internet.

Na deliberação da pauta do dia, os conselheiros aprovaram a inclusão de duas novas palestras, que abordarão a gestão da carreira profissional e a discussão sobre o uso do instagram como ferramenta que pode dinamizar a carreira profissional. Também atualizaram o quadro de parcerias e avaliaram perspectivas para os meses de junho e agosto, visto que no mês de julho a Escola entra em recesso, seguindo os vereadores, embora o conselho consultivo já sinalizou reunião de trabalho para o dia 6 de julho, às 8 horas.

Os conselheiros avaliaram a expectativa positiva da Escola perante a pandemia, onde basicamente os eventos se transcorreram via online, em salas que suplantaram 200 participantes e, com o registro até de pessoas fora do Brasil, a exemplo da Argentina e a Bolívia, em discussões sobre territorialidade, que também perpassa questões em comum com os países da América Latina.

Também foi pontuado a importância da Câmara continuar e ampliar projetos de acessibilidade, na transcrição automática, com tradução simultânea, possibilitando acesso a todo cidadão, facilitando o universo das pessoas com deficiências.

Para o professor Josué, as mídias cooperam tanto para o bem quanto para o mal, onde a utilização da rede pode ser de forma educativa, em ferramenta como recurso pedagógico, como forma de contribuir para a educação, onde os professores da educação básica podem ter estas mídias como ferramentas.

A conselheira Heliani Berlatto também enfatiza os ganhos no uso destas ferramentas, visto que o uso indevido podem gerar as fakes news.

O vereador Pedro Kawai realça a utilização das ferramentas de mídia como um instrumento aos professores, pois nas escolas ainda percebe-se a grande dificuldade sobre o conteúdo, onde muitos, até certo tempo atrás nem sabiam usar o celular.

Os conselheiros ratificaram atividades já programadas para o mês de junho, que inclui oficinas de libras, debates sobre o suicídio e reforço a diversas ações em prol do meio ambiente, com reflexo no dia 5 de junho, quando se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente.

Os conselheiros também avaliaram procedimentos internos da Escola do Legislativo, no que se refere ao pessoal administrativo, com reforço de estagiários no quadro funcional e outras tratativas perante da Mesa Diretora, em atividades fora das dependências da Câmara.

Instituída pelo decreto 63/2014, de autoria do vereador João Manoel dos Santos, a Escola do Legislativo é voltada à educação para a cidadania, difusão cultural, capacitação de agentes políticos e lideranças comunitárias, capacitação e atualização de corpo técnico da Casa, envolvendo tanto servidores de carreira como assessores.

O vereador Josef Borges (Solidariedade) também integra a formação do conselho consultivo da Escola do Legislativo de Piracicaba "Antonio Carlos Danelon - Totó Danelon".



Texto:  Martim Vieira - MTB 21.939
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Escola do Legislativo Pedro Kawai Josef Borges Silvia Maria Morales

Notícias relacionadas