PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2020
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

18 DE OUTUBRO DE 2019

Vereador pede desculpas por infelicidade em pronunciamento na tribuna


Lair Braga ocupou a tribuna para se retratar sobre a forma como disse sobre os autistas



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Parlamentar ocupou a tribuna da Câmara na 60ª reunião ordinária






“Pedir desculpas é um ato nobre”. Foi assim que o vereador Lair Braga (SD) iniciou sua fala nesta quinta-feira (17), nas 60ª reunião ordinária, para se retratar sobre o modo que caracterizou os autistas, durante sua fala no último dia 10, na 58ªreunião ordinária.

“Vocês são testemunhas minhas, que pela primeira vez eu tenho que me retratar de um ato infeliz que eu cometi. Isso aconteceu quando eu abordei sobre a inclusão social e, em um momento de revolta e indignado pelo que a gente enfrenta à frente de entidades sociais, eu acabei me referindo aos autistas e deficientes de uma forma indelicada. Falei com coração, emoção e sentimento”, disse o parlamentar.

Lair, que é diretor da Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais), contou que o acontecimento chegou de uma forma rápida à Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down.

O parlamentar exibiu a mensagem que recebeu do presidente da Associação Brasileira das Associações de Síndrome de Down, Antônio Carlos Sestaro, que disse que Lair havia ligado e pedido desculpas pelas palavras citadas. “Reportei ao vereador toda nossa luta e que não aceitaremos jamais esse tipo de discriminação. A inclusão é um caminho sem volta e que sempre poderemos, com o apoio das educadoras, discutir qual é o melhor caminho”, disse na mensagem (Confira a mensagem na íntegra abaixo).

De acordo com o vereador, para quem já realizou uma audiência pública sobre moradores de rua, já levou a temática do suicídio, de forma nenhuma teria o preconceito. ”A inclusão só vai acontecer quando admitirmos que você conviver com um deficiente é uma riqueza que você terá sempre. Passei por um dia muito triste hoje, com o coração dilacerado e as pessoas dando flechadas, mas o grande homem tem que saber passar por esse momento”, admitiu.

O presidente da Câmara, Gilmar Rotta (MDB), parabenizou o parlamentar por tomar a iniciativa em pedir desculpas e disse que todos sabem que não era essa a intenção.

O vereador Matheus Erler (PTB) contou que em uma ida recente a uma rede de fast-food com seu filho, ele notou uma pessoa com deficiência trabalhando com muito desenvolvimento. O parlamentar disse que ligou então para sua assessoria, para que uma pessoa com deficiência fizesse parte de sua equipe. Entretanto, a viabilização dessa contratação não estava sendo possível, pois sua assessoria não encontrava ninguém que pudesse intermediar.

“Hoje, quando minha assessora disse que não conseguia o contato, a primeira pessoa que me veio a mente e trabalha nessa causa de uma forma brilhante e exemplar foi o Lair Braga. Por Deus, na mesma hora, Lair estava com uma pessoa que já marcou uma reunião comigo na terça-feira. Parabéns pelo seu trabalho”, disse.

DIA DAS CRIANÇAS- Por meio de slides, Lair Braga mostrou  algumas festas de Dia das Crianças que ocorreram no sábado (12) e domingo (13), em diferentes bairros do município. O parlamentar compareceu na igreja da Graça, no Centro, onde houve distribuição de presentes. Lair também foi no Jardim Boa Esperança, no bairro Paineiras, Santa Fé, no Jardim Gilda, na Comunidade Portelinha e no Pau Queimado.

Mensagem do senhor do presidente da Associação Brasileira das Associações de Síndrome de Down, Antônio Carlos Sestaro ao verador Lair Braga:

"Pessoal, recebi hoje uma ligação do Vereador Lair Braga, de Piracicaba, pedindo desculpas pelas palavras proferidas e que seu objetivo era falar sobre as condições de crianças com deficiência matriculado nas escolas. 

Reportei ao Vereador toda nossa luta é que não aceitaremos jamais esse tipo de discriminação. Disse à ele, que a inclusão é um caminho sem volta, e que sempre poderemos , com apoio dos educadores, discutir qual o melhor caminho.
Citei o exemplo do Samuel e pedi à ele para consultar na internet mais informações sobre o sucesso da inclusão.

Por fim, disse-lhe que sua ligação pedindo desculpas para mim é demonstração de grandeza e que nosso objetivo maior é estar juntos com todos sempre buscando o caminho da inclusão para todas as crianças com deficiência, colocando-me à disposição.
Irá, hoje, na Tribuna da Câmara Municipal de Piracicaba, retratar-se."

Saiba mais

Indústria farmacêutica não quer a cura do câncer, diz Lair Braga 



Texto:  Ana Caroline Lopes
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Imagens de TV:  TV Câmara


Câmara Lair Braga

Notícias relacionadas