PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 2 DE JUNHO DE 2020
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

27 DE MARÇO DE 2020

Trevisan Jr. define como “piada” resposta da Prefeitura a requerimento


Vereador ocupou a tribuna da Câmara, como líder do PL, durante a reunião ordinária desta quinta-feira (26).



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Davi Negri - MTB 20.499 Salvar imagem em alta resolução





O vereador Laércio Trevisan Jr. (PL) definiu como “uma piada” a resposta da Prefeitura a um requerimento em que ele questionou a situação da diretora Kátia Garcia Mesquita na Emdhap (Empresa Municipal de Desenvolvimento Habitacional de Piracicaba). O parlamentar ocupou a tribuna da Câmara durante a reunião ordinária desta quinta-feira (26) como líder do PL. 

“Eles falaram que as medidas necessárias ao caso estão sendo tomadas, mas que não foi solicitada abertura do processo administrativo disciplinar porque ela está lotada em empresa municipal, sendo que a comissão processante de sindicância é nomeada para averiguar servidores lotados na Prefeitura”, disse.

Trevisan Jr. classificou a resposta como “piada”. “Estão tomando providências, mas por estar lotada em empresa municipal, cabe à empresa tomar providência", questionou o vereador. “Demorou para responder e, agora, responde (o requerimento) não respondendo”, enfatizou.

“Ou seja, a Prefeitura não tomou providência. E aí, eu pergunto, quem é conivente com isso? A resposta é uma conivência e omissão puras”, disse. 

Ainda na tribuna da Casa, o parlamentar relatou a resposta a outro requerimento, em que solicitou informações sobre o Córrego Itapeva, canalizado para a pavimentação da avenida Armando de Salles Oliveira.

“A resposta é que o local é difícil acesso e que existe uma recomendação do Corpo de Bombeiros para evitar, então, a Prefeitura desconhece a situação, não sabe como está o córrego, se está entupido ou obstruído”, enfatizou. 

Ao finalizar a fala na tribuna, Trevisan Jr. destacou que apresentou requerimento solicitando informações sobre a coordenação e o responsável pelo levantamento dos dados sobre os casos do coronavírus em Piracicaba. “Tem uma moça em Tanquinho que está aguardando resposta ao exame há 13 dias”, disse, ao pedir maior agilidade no trabalho de averiguação.



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Legislativo Laércio Trevisan Jr

Notícias relacionadas