PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE SETEMBRO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

09 DE AGOSTO DE 2022

Palestra debate modelo econômico proposto pelo Papa Francisco


Com o tema "A Economia de Francisco, o futuro do Planeta e do Homem”, o economista Pedro Ramos debateu possibilidades para a melhoria da vida humana e planetária



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (1 de 4) Salvar imagem em alta resolução

Palestra foi realizada na manhã desta terça-feira (9)

Palestra foi realizada na manhã desta terça-feira (9)
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (2 de 4) Salvar imagem em alta resolução

Palestra foi realizada na manhã desta terça-feira (9)

Palestra foi realizada na manhã desta terça-feira (9)
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (3 de 4) Salvar imagem em alta resolução

Palestra foi realizada na manhã desta terça-feira (9)

Palestra foi realizada na manhã desta terça-feira (9)
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (4 de 4) Salvar imagem em alta resolução

Palestra foi realizada na manhã desta terça-feira (9)

Palestra foi realizada na manhã desta terça-feira (9)
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 Salvar imagem em alta resolução

Palestra foi realizada na manhã desta terça-feira (9)



O modo de vida da humanidade determina o rumo das coisas materiais e também o que pensamos e queremos como seres humanos. Essa é a tese apresentada pelo economista Pedro Ramos na palestra "A Economia de Francisco, o futuro do Planeta e do Homem”, realizada na manhã desta terça-feira (9) na escola do Legislativo "Antonio Carlos Danelon - Totó Danelon".

Mestre e doutor em economia aplicada à administração pela EAESP/FGV, ex-professor de economia da Unimep e da Escola de Engenharia da USP, ex-secretário de Finanças da Prefeitura de Piracicaba e professor livre docente aposentado pelo Instituto de Economia da Unicamp, Pedro Ramos destacou a necessidade de mostrar que por trás das discussões sobre desenvolvimento e sustentabilidade existe um modo de vida que provoca o consumismo e o produtivismo.

De acordo com o economista, uma das formas de melhorar o ambiente planetário é, em primeiro lugar, sermos mais solidários, desenvolvendo a cooperação entre os seres humanos, ao contrário da competição. Ao longo da palestra, Pedro Ramos discorreu sobre o surgimento da filosofia moderna e das ciências; a construção de nosso modo de vida, com uma síntese do desenvolvimento histórico do mundo; e sobre o ser humano e a busca da felicidade.

Para o palestrante, trabalhar para que a humanidade aprenda a não ser consumista e preocupada com o produtivismo também é uma forma de melhorar o ambiente planetário. “É entender que nós temos uma vida e que faz parte dessa vida o bom uso do que nós chamamos de tempo livre e o não uso do tempo livre, que é mais importante ainda”, afirmou.

Economia de Francisco – Pedro Ramos explicou que a Economia de Francisco foi uma proposta do Papa Francisco, feita em 2019, para que fosse pensada uma nova ciência econômica que não privilegiasse o produtivismo e o consumismo e que não carregasse tanto a necessidade de um mundo competitivo. “O que o Papa estava preocupado, nessa proposta ecumênica inspirada na vida e obra de São Francisco de Assis, é que o mundo seja mais cooperativo para evitar os males que a vida humana tem causado, não só ao planeta, como a convivência humana em termos planetários”, disse.

O professor Pedro Ramos é autor do livro “A economia de Francisco, o Futuro do Planeta e do Homem”, que pode ser baixado gratuitamente no site https://lutasanticapital.com.br/.



Texto:  Daniela Teixeira - MTB 61.891
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Escola do Legislativo

Notícias relacionadas