PIRACICABA, SÁBADO, 27 DE NOVEMBRO DE 2021
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

19 DE OUTUBRO DE 2021

Moção de aplausos homenageia 115 anos do Lar dos Velhinhos


Homenagem foi entregue nesta terça-feira pela vereadora Ana Pavão (PL).



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (1 de 5) Salvar imagem em alta resolução

O local é reconhecido como a primeira cidade geriátrica do Brasil.

O local é reconhecido como a primeira cidade geriátrica do Brasil.
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (2 de 5) Salvar imagem em alta resolução

O local é reconhecido como a primeira cidade geriátrica do Brasil.

O local é reconhecido como a primeira cidade geriátrica do Brasil.
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (3 de 5) Salvar imagem em alta resolução

O local é reconhecido como a primeira cidade geriátrica do Brasil.

O local é reconhecido como a primeira cidade geriátrica do Brasil.
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (4 de 5) Salvar imagem em alta resolução

O local é reconhecido como a primeira cidade geriátrica do Brasil.

O local é reconhecido como a primeira cidade geriátrica do Brasil.
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (5 de 5) Salvar imagem em alta resolução

O local é reconhecido como a primeira cidade geriátrica do Brasil.

O local é reconhecido como a primeira cidade geriátrica do Brasil.
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

O local é reconhecido como a primeira cidade geriátrica do Brasil.



A vereadora Ana Pavão (PL) entregou nesta terça-feira (19) a moção de aplausos 175/2021 em reconhecimento aos 115 anos de fundação do Lar dos Velhinhos, a primeira cidade geriátrica do Brasil. “Essa instituição é muito importante e ganhou o primeiro prêmio Zilda Arns em Brasília (DF), e nós precisamos valorizar essas coisas boas que nossa cidade tem”, disse. 

No texto da propositura, a parlamentar ressaltou também que o local é o resultado da inciativa de Pedro Alexandrino de Almeida em 26 de agosto de 1906. "É distinguida como uma instituição beneficente, por meio de certificado de entidade beneficente de assistência social, concedido pela Secretaria Nacional de Assistência Social, além de ser reconhecida no âmbito estadual como uma instituição prestadora de serviços à coletividade, de utilidade pública, que oferece serviços de acolhimento provisório, de longa permanência, ou vitalício, desenvolvendo prestação continuada no atendimento social e garantindo os direitos e a cidadania do idoso". 

Há 11 anos, Norbert Bruschke decidiu residir no Lar dos Velhinhos. A escolha, de acordo com o aposentado de 89, levou em conta os cuidados que a instituição proporciona a seus moradores. “Eu e minha esposa moramos em um chalé aqui embaixo e estamos muito felizes. Nós sabíamos que um dia precisaríamos de um local que nos oferecesse a assistência que temos aqui”, ressaltou. 

Na infraestrutura, o espaço dispõe de 154 mil metros quadrados, sete pavilhões, 135 chalés e emprega 210 funcionários, com atendimento 24h de enfermagem e cuidadores. De acordo com Yvens Marcondes, presidente da instituição, atualmente residem no Lar dos Velhinhos, 352 idosos.  “O que as pessoas confundem as vezes é que acham que aqui é uma clínica, mas não é. Esse atendimento ao idoso normalmente é feito pelo convênio particular ou, para aqueles que não possuem, é pelo SUS (Sistema Único de Saúde), onde nós fazemos todos os encaminhamentos". 

No período pandêmico, a instituição adotou de maneira eficiente todos os protocolos sanitários estabelecidos pela OMS (Organização Mundial de Saúde), algo que, segundo Yvens Marcondes, colaborou para a preservação da vida de grande parte de seus acolhidos. “De março a junho do ano passado, nós perdemos 29 idosos pela pandemia, de agosto do ano passado até hoje, foram apenas duas mortes. Para nós isso é uma vitória muito grande porque tudo aquilo que estamos fazendo, está revertendo em favor dos idosos. E na terça-feira da semana passada, todos aqui, residentes e funcionários, foram vacinados com a terceira dose da vacina contra a Covid-19”, enfatizou. 

O presidente disse ainda que, atualmente, a instituição está com uma campanha aberta para a arrecadação de fraudas geriátricas. "Nós utilizamos, mensalmente, cerca de 15 mil fraudas. Então, toda doação é bem vinda e pode ser deixada aqui em qualquer dia da semana".

O Lar dos velhinhos fica localizado na Avenida Torquato da Silva Leitão, 615 no bairro São Dimas. 



Texto:  Pedro Paulo Martins
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Revisão:  Fabio de Lima Alvarez - MTB 88.212


Homenagem Ana Pavão

Notícias relacionadas