PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 28 DE JULHO DE 2021
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

20 DE JULHO DE 2021

Grupo discute formação de rede intersetorial voltada à adolescência


Foi a segunda reunião do grupo, que tem a participação do mandato coletivo A Cidade É Sua.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Assessoria parlamentar (1 de 6) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Assessoria parlamentar (2 de 6) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Assessoria parlamentar (3 de 6) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Assessoria parlamentar (4 de 6) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Assessoria parlamentar (5 de 6) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Assessoria parlamentar (6 de 6) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Assessoria parlamentar Salvar imagem em alta resolução


Representantes da Rede de Atenção à Saúde Mental, Atenção Básica e Saúde da Mulher e da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, junto com Pablo Carajol, integrante do mandato coletivo A Cidade É Sua, da vereadora Silvia Morales (PV), e Junior Suyeyassu, assessor do vereador Pedro Kawai (PSDB), reuniram-se na última quinta-feira (15) para tratar da necessidade da criação de uma rede intersetorial que discuta, aponte e execute políticas públicas voltadas à adolescência.

Foi o segundo encontro organizado pelo grupo —o primeiro havia ocorrido em 29 de junho. Convidada a estar presente e fazer parte da sequência de discussões, Euclídia Fioravante, secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, apresentou todos os programas direcionados ao público adolescente que já existem e são executados pela pasta. Ela afirmou estar "muito satisfeita" com o movimento que está sendo formado, destacando a importância de se pensar sempre preventiva e intersetorialmente.

Vandrea Novello, coordenadora da Raps (Rede de Atenção Psicossocial), uma das idealizadoras do movimento, reforçou as preocupações que já haviam sido colocadas no primeiro encontro. "Recebemos nos últimos meses um aumento expressivo de atendimentos a pacientes adolescentes e percebemos a importância de buscar diálogo com outras secretarias para apresentar essa questão. E, sabendo da experiência do Pablo Carajol com adolescentes, o chamamos para que também pudesse estar envolvido nessa construção", afirmou.

O representante do mandato coletivo A Cidade É Sua endossou a importância de haver uma construção intersetorial para executar os programas voltados à adolescência. "Sabemos dos desafios de estabelecer a intersetorialidade, mas toda a sociedade deve estar envolvida nessa questão. Por isso, inclusive, chamamos o vereador Pedro Kawai, pois ele está à frente do Fórum dos Direitos da Criança e do Adolescente, aprovado na Câmara", disse Pablo Carajol.

O consenso entre os participantes do encontro foi o desafio de superar a fragmentação presente nas secretarias, de modo que todos possam dialogar pensando na mesma política. Também houve a defesa do desenvolvimento de ações nos bairros e locais onde os adolescentes moram, crescem, se socializam e criam vínculos. Pablo Carajol propôs que um dos trabalhos do grupo seja mapear todos os programas, projetos e políticas públicas para atendimento de adolescentes.

A próxima reunião deve ocorrer no final de agosto, quando outras secretarias serão convidadas a integrar a rede, como as de Educação, Esportes, Lazer e Atividades Motoras, Ação Cultural e Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo.



Texto:  Assessoria parlamentar
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Revisão:  Ricardo Vasques - MTB 49.918


Infância e Juventude Silvia Maria Morales

Notícias relacionadas