PIRACICABA, DOMINGO, 16 DE JUNHO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

13 DE FEVEREIRO DE 2019

Fevereiro consolida aumento no uso da Tribuna Popular


Já foram inscritos, neste mês, dez representantes da sociedade para ocupar o espaço; número é 30% a mais que o ano passado



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (1 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Walternor Brandão, da Câmara dos Deputados, elogia a tribuna popular: "É um tesouro."

Walternor Brandão, da Câmara dos Deputados, elogia a tribuna popular: "É um tesouro."
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (2 de 6) Salvar imagem em alta resolução

A farmacêutica Jussara Bueno ocupou a tribuna em 10 de dezembro de 2018

A farmacêutica Jussara Bueno ocupou a tribuna em 10 de dezembro de 2018
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (3 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Milton Couto, professor universitário, ocupou a tribuna em 4 de setembro de 2017

Milton Couto, professor universitário, ocupou a tribuna em 4 de setembro de 2017
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (4 de 6) Salvar imagem em alta resolução

José Silvestre da Silva ocupou a tribuna em 11 de maio de 2017

José Silvestre da Silva ocupou a tribuna em 11 de maio de 2017
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (5 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Wagnão, 2º-secretário, é responsável pela avaliação das inscrições para uso da tribuna

Wagnão, 2º-secretário, é responsável pela avaliação das inscrições para uso da tribuna
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (6 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Presidente Gilmar Rotta avalia crescimento do uso da Tribuna Popular

Presidente Gilmar Rotta avalia crescimento do uso da Tribuna Popular
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Walternor Brandão, da Câmara dos Deputados, elogia a tribuna popular: "É um tesouro."



O primeiro mês de trabalhos legislativos de 2019 consolida a tendência de aumento no uso da Tribuna Popular, importante espaço destinado à manifestação de representantes da sociedade na Câmara de Vereadores de Piracicaba. Já foram encaminhadas, de acordo com o Setor de Protocolo, dez inscrições, o que representa alta de 30% em relação ao ano passado.

O índice foi analisado pelo presidente Gilmar Rotta (MDB) com positivo e consolida o projeto da Casa em ampliar o estímulo à participação popular. "A população tem compreendido a importância desta ferramenta que é a Tribuna Popular. Piracicaba é uma das poucas dopaís que tem este espaço aberto e com poucos critérios para o uso. Queremos que se mantenha assim", disse.

Em fevereiro de 2018, a Casa recebeu sete inscrições para a tribuna popular, ultrapassando o mesmo período de 2017, quando foram apenas cinco. Os números demonstram ainda maior abertura para intervenções da sociedade se analisados ao longo de todo o ano legislativo. 

No ano passado, foram 103 pessoas que pediram para utilizar o espaço (49 no primeiro semestre e 54 no segundo), cerca de 25% a mais que os 83 de um ano antes (31 e 52, respectivamente). “Isso demonstra o interesse da Câmara em receber a população”, diz o vereador Wagner Oliveira, o Wagnão (PHS), 2º-secretário da Mesa Diretora, responsável pela avaliação do pedido e deferimento (ou não) do uso do espaço. 

Os assuntos abordados na tribuna popular são diversos. O espaço já foi ocupado para tratar sobre datas históricas, como quando o presidente da Sociedade Beneficente Treze de Maio, José Silvestre da Silva, falou da assinatura da Lei Áurea, em 1888; para tratar de problemas gerais da cidade, como a crise na Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba), campanhas de saúde, trabalhos beneficentes, entre outros. 

“A Tribuna Popular é um espaço democrático, no qual o cidadão dispõe para tratar de tema de interesse e tem total liberdade”, avalia Wagnão, ao lembrar que a única regra é a de se ater ao assunto definido na inscrição. 

Reconhecido como espaço de amplo debate público, a tribuna popular já foi elogiada por representante da Câmara dos Deputados. Durante palestra sobre o Projeto Parlamento Aberto, ano passado, o analista legislativo Walternor Brandão enalteceu a iniciativa adotada em Piracicaba

“É um tesouro, nunca vi isso em lugar nenhum, isso não tem na Câmara dos Deputados e nem no Senado, lá as pessoas são convidadas a falar como representantes de ações. É um tesouro que vocês têm”, enfatizou. 

INSCRIÇÃO – Qualquer pessoa pode se inscrever para ocupar a Tribuna Popular. Basta preencher o formulário (disponível neste link) e entregar no Setor de Protocolo (entrada pela rua Alferes José Caetano, 834, Centro), com 72 horas de antecedência da data escolhida para a fala. É preciso anexar cópias do comprovante de endereço e documento de identificação. Na falta de um destes, a solicitação é protocolada, concedendo 24 horas para a regularização, sob pena de indeferimento do pedido. 

O espaço da tribuna popular é concedido logo após a leitura das matérias que dão entrada no Expediente, sendo que, a cada reunião ordinária, é possível o uso por até dois oradores, com tempo máximo de 10 minutos. 

Durante a fala, o orador poderá exibir áudios, vídeos, fotos ou similares, que passará por avaliação prévia do 2º-secretário da Mesa Diretora, ao qual caberá a justificativa em caso de indeferimento do uso destas mídias.



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: CâmaraGilmar Rotta

Notícias relacionadas