PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 24 DE NOVEMBRO DE 2020
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

12 DE NOVEMBRO DE 2020

Entenda como é feita a apuração dos votos nas eleições municipais


Brasil adota as urnas eletrônicas no processo eleitoral desde 1996.



EM PIRACICABA (SP)  

Salvar imagem em alta resolução

(Arte: Câmara de Vereadores de Piracicaba)








RDV, zerésima, boletim de urna. Termos muito utilizados durante a apuração dos votos no Brasil e que, de acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), constituem procedimentos que garantem a segurança das eleições, realizadas com urnas eletrônicas no país desde 1996. Mas você sabe o que significa cada um deles?

A zerésima é um relatório emitido pelas urnas eletrônicas, antes do início das votações. Esse documento impresso, além de trazer a relação de todos os candidatos registrados na urna eletrônica, mostra que não constam votos no equipamento. A zerésima é produzida por meio do RDV, o registro digital do voto, que é o arquivo no qual os votos dos eleitores são registrados.

Ao final da votação, às 17h, também por meio do RDV, é gerado o boletim de urna, relatório com todos os votos da seção, inclusive os brancos e nulos. Esse boletim é impresso e também gravado em uma mídia, um flashcard, já que as urnas não têm acesso à internet. Cada arquivo gravado na mídia tem uma assinatura digital criptografada para garantir a segurança dos dados. As mídias são levadas para o Cartório Eleitoral e, por meio de uma rede privativa, os dados são encaminhados ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral), que faz a totalização dos votos para prefeito e vereadores.

Todo esse processo é realizado para garantir a segurança dos votos, conforme reforçou o juiz eleitoral Wander Pereira Rossette Jr. "A urna eletrônica é extremamente confiável. Em todo esse tempo em que ela é utilizada, não se constatou nenhum tipo de fraude, nenhum tipo de problema que se colocasse em dúvida a lisura das eleições. É um processo muito mais eficiente e fidedigno em relação à utilização do papel, principalmente nas eleições para vereador, com um número de candidatos muito grande. [Antes das urnas eletrônicas,] Os eleitores muitas vezes não conseguiam expressar o que queriam", afirmou.

Outra questão apontada pelo juiz diz respeito à totalização dos votos. Segundo ele, basta aos partidos fazer a somatória dos boletins de urna que se chegará ao resultado que deve constar no TRE. "Se pegarmos os boletins de urnas e somarmos, eles têm que resultar no número que vai constar no Tribunal Regional Eleitoral, que foi transmitido pelo flashcard da urna. A urna não está ligada a nenhum sistema; é autônoma, por isso é segura. Pode ter risco na transmissão dos dados? Pode, mas, se tivesse esse problema, bastaria verificar que o que foi transmitido é diferente da soma dos boletins de urna, o que não acontece", explicou.

APURAÇÃO - Para quem quiser acompanhar a apuração dos votos, o TSE disponibiliza dois aplicativos para smartphones: o TSE Boletim na Mão, que fornece ao eleitor, de forma rápida e segura, todo o conteúdo dos boletins de urna gerados ao final dos trabalhos da seção eleitoral, e o aplicativo Resultados, que permite aos cidadãos seguir o andamento do processo de totalização das eleições.

Os piracicabanos também poderão acompanhar ao vivo toda a movimentação das eleições pela TV Câmara, a partir das 6h45 do próximo domingo (15), nos canais 11.3 da TV digital aberta, 4 da Claro/Net e 9 da Vivo Fibra, além do site www.camarapiracicaba.sp.gov.br/tv e das redes sociais da Câmara. Equipes estarão nos locais de votação e nos estúdios da TV, com entrevistas e programas ao vivo. A partir das 17h, a programação será exclusiva para a apuração dos votos e, assim que os resultados forem saindo, serão levadas ao ar entrevistas exclusivas com os eleitos.

 

(Esta reportagem integra o projeto "Parlamento Aberto Nas Urnas", com conteúdo produzido pelos departamentos de Comunicação e TV Legislativa, da Câmara de Vereadores de Piracicaba. Além do texto, confira a reportagem em vídeo e em áudio. O infográfico pode ser baixado em formato .pdf, ao final deste texto.)



Texto:  Rebeca Paroli - MTB 25.992
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  Márcio Braga - MTB 62.377
Reportagem de TV:  Rebeca Paroli - MTB 25.992
Edição de TV:  Márcio Bissoli - MTB 48.321
Rádio:  Rebeca Paroli - MTB 25.992




Cobertura Colaborativa Eleições 2020 Eleições 2020

Notícias relacionadas