PIRACICABA, SÁBADO, 13 DE AGOSTO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

24 DE JUNHO DE 2022

Em discurso, vereador repudia atentado e violência contra mulheres


Pedro Kawai, em discurso na tribuna, registrou sua indignação frente ao atentado a faca em ônibus. Vereador também quer ações para coibir violência contra mulheres



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

"Como isso pode ter acontecido na nossa cidade?", questiona Pedro Kawai






Em discurso na tribuna na noite desta quinta-feira (23), o vereador Pedro Kawai (PSDB) prestou condolências às famílias das vítimas do atentado com faca, na última terça-feira (21), em ônibus da linha Centro-Vila Sônia, e registrou sua indignação frente ao crime bárbaro:

"A gente olha para trás e pensa, como isso pode ter acontecido na nossa cidade? Como pode um cidadão, simplesmente, porque está nervoso, está sofrendo algum tipo de pressão psicológica, sair matando as pessoas dentro de um ônibus?! Não dá para aceitar. Eu queria muito registrar aqui a minha tristeza como cidadão piracicabano. Eu fico aqui imaginando a dor das famílias e da mãe que saiu de casa para trabalhar, trabalhou o dia inteiro, pegou o ônibus e não chegou na casa dela", disse. 

O parlamentar também mostrou-se perplexo com a dificuldade, num primeiro momento, de entender a motivação do atentado: "até pouco tempo atrás a gente sabia que vinha por conta do tráfico de drogas, por conta violência policial mesmo, vamos dizer assim. Mas, agora, a gente está enfrentando alguns tipos de violência que a gente não consegue entender", e defendeu ações voltadas para coibir a violência. 

Pedro Kawai também registrou sua indignação no caso amplamente veiculado na mídia nacional em que uma procuradora da cidade de Registro (SP) foi agredida por um colega de profissão, e destacou o aumento de casos de violência contra a mulher:

"A cada dia que passa a gente vê que esse número vem aumentando. Nós fizemos alguns levantamentos. Vocês sabem o quanto cresceu o número de pessoas presas por causa de violência contra a mulher no Estado de São Paulo? 43%! 43% de pessoas presas a mais, no sistema penitenciário, por conta de agressão contra as mulheres. Isso é um registro do quanto essa sociedade está desgastada, está poluída, está contaminada", analisou o vereador, que propôs que ações voltadas a mitigar esse tipo de violência sejam encampadas pelo Parlamento Metropolitano. 

O discurso completo de Pedro Kawai pode ser assistido, na íntegra, no canto superior da tela. 



Texto:  Fabio de Lima Alvarez - MTB 88.212
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Legislativo Pedro Kawai

Notícias relacionadas