PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 20 DE MAIO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

24 DE JANEIRO DE 2022

Direito à cidade foi tema de encontro com vereadora de Araraquara


Encontro entre Sílvia Morales (PV) e Fabi Virgílio (PT), parlamentar de Araraquara, aconteceu de forma remota e trouxe reflexões sobre o uso dos espaços públicos



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Assessoria parlamentar (1 de 2) Salvar imagem em alta resolução

Da esquerda para a direita: Fabi Virgílio (PT), Sílvia Morales (PV) e João Scarpa (PV)

Da esquerda para a direita: Fabi Virgílio (PT), Sílvia Morales (PV) e João Scarpa (PV)
Foto: Assessoria parlamentar (2 de 2) Salvar imagem em alta resolução

Da esquerda para a direita: Fabi Virgílio (PT), Sílvia Morales (PV) e João Scarpa (PV)

Da esquerda para a direita: Fabi Virgílio (PT), Sílvia Morales (PV) e João Scarpa (PV)
Foto: Assessoria parlamentar Salvar imagem em alta resolução

Da esquerda para a direita: Fabi Virgílio (PT), Sílvia Morales (PV) e João Scarpa (PV)



A vereadora Silvia Morales (PV), do Mandato Coletivo A Cidade É Sua, reuniu-se com a vereadora Fabi Virgílio (PT), da cidade de Araraquara, para discutir a função social das cidades e o trabalho desenvolvido nesse sentido por ambos os mandatos.

Fabi apresentou à vereadora piracicabana um projeto de lei complementar (PLC), de sua autoria, e que dispõe sobre a vedação de instrumentos que impeçam as pessoas de utilizarem certos espaços comuns na cidade. "Infelizmente, as cidades estão criando cada vez mais meios de impedir que a população usufrua dos espaços comuns, em especial a população de rua", lamentou a vereadora de Araraquara.

Segundo a parlamentar, essas iniciativas são conhecidas como "arquitetura hostil", e são observadas em determinados tipos de muretas, bancos e até mesmo em calçadas construídas para impedir que as pessoas possam sentar, descansar, dormir etc. "O único intuito é excluir ainda mais aqueles que já fazem parte da sociedade marginalizada", disse Fabi Virgílio.

Silvia Morales, após a reunião, demonstrou bastante interesse em propor um PLC semelhante na Câmara Municipal de Piracicaba. "Nós, do Mandato Coletivo, temos muita preocupação com o direito à cidade; tanto que colocamos o nome de 'A Cidade É Sua " em nosso coletivo. E é também uma bandeira muito forte dentro do PV", relatou Morales.

A vereadora do Mandato Coletivo informou, ainda, que entrará em contato com as instituições que também realizam esses estudos em Piracicaba para discutir a melhor forma de encaminhar o projeto.

"Se necessário, podemos ampliar a discussão sobre 'arquitetura hostil' através de uma Audiência Pública, porque é importante que a população traga seu ponto de vista a respeito", concluiu Silvia Morales.



Texto:  Assessoria parlamentar
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Revisão:  Fabio de Lima Alvarez - MTB 88.212


Vereadores Cidadania Silvia Maria Morales

Notícias relacionadas