PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 5 DE JULHO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

03 DE FEVEREIRO DE 2022

Câmara adia projetos que mudam relação da Administração com sindicato


Projeto de emenda à Lei Orgânica 5/2021 foi retirado por cinco reuniões e o projeto de lei 276/2021, por oito.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 Salvar imagem em alta resolução

Reunião extraordinária que abriu os trabalhos legislativos em 2022 foi em formato on-line






A Câmara Municipal de Piracicaba adiou proposituras que alteram a relação da Administração com o sindicato da categoria. A votação aconteceu na tarde desta quinta-feira (3), na 1ª reunião extraordinária de 2022, realizada em formato on-line por conta do aumento dos casos de covid na cidade. A decisão da Mesa Diretora é amparada pelo Ato da Presidência 2/2022.

O projeto de emenda à Lei Orgânica 5/2021, que acabou sendo adiado por cinco reuniões, alteraria de cinco para três os diretores do sindicato que podem ficar dispensados de suas funções pelo tempo que durar o mandato. A propositura é assinada por oito vereadores – Alessandra Bellucci (Republicanos), Anilton Rissato (Patriota), Fabrício Polezi (Patriota), Gilmar Rotta (Cidadania), Josef Borges (Solidariedade), Laércio Trevisan Jr. (PL), Paulo Campos (Podemos) e Wagner Oliveira, o Wagnão (Cidadania).

Já o projeto de lei 276/2021, do vereador Laércio Trevisan Jr. (PL), iria revogar a Lei 9.265, de 2019, que autoriza a Administração Direta, Autárquica e Fundacional do Município de Piracicaba a celebrar convênio com o sindicato dos servidores municipais para desconto em folha de pagamento das obrigações e benefícios. A propositura também foi assinada pelos vereadores Alessandra Bellucci (Republicanos), Anilton Rissato (Patriota), Fabrício Polezi (Patriota), Josef Borges (Solidariedade), Paulo Campos (Podemos) e Wagner Oliveira, o Wagnão (Cidadania).

Na votação do pedido de adiamento, deu empate em 11 x 11 e coube ao presidente da Casa, Gilmar Rotta (Cidadania), desempatar com o chamado “voto de minerva”. “É a primeira vez que isso ocorre desde que assumi presidência”, comentou. Favorável ao adiamento, a propositura foi retirada da Pauta por oito reuniões.

A primeira reunião da Câmara em 2022 foi marcada pela participação do prefeito Luciano Almeida (Democratas), que aproveitou a oportunidade para desejar “um bom e profícuo ano” aos parlamentares e pedir o apoio do Legislativo nos projetos que a Administração buscará implementar ao longo do período.

“Estamos aqui para ajudar a cidade de Piracicaba, para levar melhor qualidade de vida à população”, disse, em resposta, o presidente Gilmar Rotta (Cidadania).

PAUTA - Ainda na Pauta da Ordem do Dia, foram aprovados, em discussão única, o projeto de decreto legislativo 58/2021, do vereador Paulo Henrique Paranhos Ribeiro (Republicanos); a moção 281/2021, da vereadora Ana Pavão (PL); e o requerimento 1102/2021, do vereador Laércio Trevisan Jr. (PL), além dos requerimentos em urgência, 42/2022 e 75/2022. Em primeira discussão, foi aprovado o projeto de lei 259/2021, do Executivo.

A próxima reunião extraordinária on-line acontecerá na segunda-feira (7), às 17h. Com a suspensão da presença do público nas galerias do plenário, os trabalhos poderão ser acompanhados, ao vivo, pela TV Câmara (sintonizada nos canais 11.3 em sinal aberto digital, 4 da Claro/Net e 9 da Vivo Fibra, no site camarapiracicaba.sp.gov.br/tv e nos perfis no Facebook e no YouTube), pela Rádio Câmara Web e pela Rádio Educativa 105,9 FM.



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Legislativo André Bandeira Ary Pedroso Jr Laércio Trevisan Jr Gilmar Rotta Paulo Camolesi Paulo Campos Pedro Kawai Rerlison Rezende Aldisa Marques Wagner Oliveira Zezinho Pereira Cassio Luiz Alessandra Bellucci Acácio Godoy Ana Pavão Josef Borges Thiago Ribeiro Gustavo Pompeo Rai de Almeida Anilton Rissato Fabricio Polezi Silvia Maria Morales

Notícias relacionadas