PIRACICABA, SÁBADO, 29 DE JANEIRO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

02 DE DEZEMBRO DE 2020

Anilton Rissato: do corte de cana ao parlamento


Eleito para o primeiro mandato pelo Patriota, ele trabalha como orientador de alunos e é formado em ciências sociais



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (1 de 2) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (2 de 2) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 Salvar imagem em alta resolução


De infância humilde, o orientador de alunos Anilton Rissato, de 53 anos, é um dos 13 novos parlamentares que assumem uma das 23 cadeiras na Câmara de Vereadores de Piracicaba, em 1º de janeiro do próximo ano. Eleito pelo Patriota, ele fala com orgulho de seu passado, que inclui o trabalho como cortador de cana-de-açúcar. Natural de Charqueada, trabalhou também como empacotador de açúcar, assentador de pisos, porteiro e vigia. Radicado em Piracicaba há 21 anos, pretende buscar no primeiro mandato melhorias nas áreas de saneamento básico, infraestrutura urbana, saúde e educação, sempre com base nas reivindicações das comunidades.

Anilton reside no Jardim Colina Verde, onde é presidente da associação dos moradores do bairro, além de presidir o conselho da Escola Municipal Antonio Boldrin, no Parque Orlanda, bairro em que, por duas vezes, presidiu a comissão de saúde do PSF (Posto de Saúde da Família). Nesta mesma comunidade, atuou como membro do conselho da Escola Municipal José Antonio de Souza, além da Escola Municipal Taufic Dumit, na Vila Sônia. Também integrou o Conselho Municipal de Educação.

Aliás, é graças à educação que Piracicaba se tornou sua morada. Em 1998, recebeu a notícia de que foi aprovado em um concurso público para o cargo de orientador de alunos, na Secretaria Municipal de Educação. Assumiu a vaga em 2 de fevereiro de 2000 e, desde então, trabalha das 8h às 17h. “Nasci em Charqueada e o que me trouxe a Piracicaba foi o concurso da Prefeitura, para trabalhar na educação municipal. Acabei adorando o trabalho, onde estou até hoje. Adoro essa cidade e as pessoas daqui. Nem passa na minha ideia um dia ir embora”, reafirma o piracicabano adotivo, que desempenha a função na Escola Municipal José Antonio de Souza, no Caic (Centro de Atendimento Integrado a Criança) do Parque Orlanda.

Líder comunitário por definição própria, Anilton diz sempre ter feito um trabalho intenso, na busca por melhorias da região em que mora, Santa Teresinha, o que inclui o bairro Jardim Colina Verde, onde possui uma casa financiada desde 2016, como também o Parque Orlanda, em que morou em uma casa alugada.

Ele também cita o Jardim Três Marias, Jardim Maria Helena, São Luís, Bessy, Jardim Bela Vista e Jardim Sônia. “A população dessa região acostumou a ver minha intensa luta para reivindicar nossos direitos e retribuiu isso nas urnas. Claro que os amigos, moradores de muitas partes diferentes da cidade, acompanhando meu trabalho, também confiaram seu voto em mim, acreditando que posso fazer muito mais por toda Piracicaba”, diz, em tom de agradecimento pelos com 1.027 votos conquistados na eleição de 15 de novembro. Em 2016, concorreu pelo PTB e obteve 741 votos.

A participação em entidades sociais de forma mais intensa há 12 anos, sempre na busca pelos direitos das pessoas, lhe faz aspirar por um mandato sintonizado com as lideranças comunitárias, associações de moradores, conselhos, comissões e entidades sociais. Neste sentido, ele defende uma agenda permanente, que possibilitará “saber a real necessidades de cada um e, consequentemente, estabelecer prioridades para apresentar soluções e tentar resolver os problemas apresentados”.

Com a bagagem de duas décadas de atuação no ensino municipal, uma de suas principais bandeiras será a educação. Para tanto, Anilton atuará pela ampliação das vagas nas creches em período integral e melhoria da infraestrutura das escolas, com atenção especial às que estão na periferia. Mas, para além disso, Anilton diz que também é preciso “abrir a caixa-preta do Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto), melhorar os serviços essenciais e acabar com a absurda e abusiva cobrança da taxa de esgoto”.

Seu trabalho na Câmara será também para fiscalizar obras públicas, principalmente as de asfalto, por acreditar que “as vias públicas da cidade, hoje, estão um caos, só buracos”. Já na saúde, o futuro vereador almeja a diminuição do tempo de espera para as consultas com médicos especialistas e para a realização dos exames de urgência. “É um absurdo o que acontece hoje”, completa ele, que está há 16 anos casado com Ana Lúcia Chrispim Rissato e é pai de Lucas Vinícius, de 27 anos, Gabriel Êttore, de 14 anos, e Beatriz, de 8 anos.

NA ROÇA – Desde 2008 formado em ciências sociais - habilitação em biologia pela Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba), Anilton conheceu a dura rotina na lavoura da cana-de-açúcar quando frequentava o antigo ginásio em Charqueada, entre os 12 e 13 anos. Durante a semana, encarava o ofício no período da manhã, para somente depois seguir para a escola. Aos sábados, o trabalho era de sol a sol. Ele trabalhou também como ajudante de mecânico (então com 17 anos) e foi acolhido pela Raspagem de Tacos São Dimas, como assentador de piso de madeira, tacos e rodapés.

Anilton tem diferentes momentos do currículo profissional dedicados à Usina Costa Pinto: em abril de 1982, aos 14 anos, ingressou no setor de empacotamento de açúcar; em abril de 1988, como auxiliar de laboratório de sacarose, até chegar a analista de laboratório industrial, nos laboratórios de sacarose, industrial e microbiológico, onde permaneceu até dezembro de 1993. Entre 1998 e 1999, trabalhou como ajudante de serviços gerais e, posteriormente, como auxiliar de produção. Ainda nesta área, porém na Associação dos Fornecedores de Cana de Piracicaba, trabalhou como fiscal de laboratório, em 1996.

Mesmo com a estabilidade do concurso público a partir de 2000, Anilton conta que o trabalho noturno fez parte de sua realidade em ocasiões distintas: entre 2010 e 2011, em um clube da cidade como porteiro e vigia da Portal Comércio e Serviços, e de março de 2011 a fevereiro de 2012, na Kraft Foods do Brasil.



Texto:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Supervisão de Texto e Fotografia: Rodrigo Alves - MTB 42.583


Eleições 2020 Parlamento Aberto Nas Urnas

Notícias relacionadas