PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 29 DE SETEMBRO DE 2020
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

19 DE DEZEMBRO DE 2019

André Bandeira entrega abaixo-assinado ao governador João Doria


Foram mais de 20 mil assinaturas em prol da instalação de uma unidade da Rede Lucy Montoro em Piracicaba.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (1 de 4) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (2 de 4) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (3 de 4) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (4 de 4) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução


O vereador André Bandeira (PSDB) entregou, na manhã desta quinta-feira (19), ao governador do Estado de São Paulo, João Doaria, abaixo-assinado com mais de 20 mil adesões em prol da vinda de uma unidade da Rede Lucy Montoro a Piracicaba. O parlamentar aproveitou a oportunidade durante a solenidade de inauguração do BAEP (Batalhão de Ações Especiais) da Polícia Militar. 

“Uma unidade da Rede Lucy Montoro virá para somar com a estrutura de saúde que temos e será a concretização de um sonho de mais de 10 anos para mais de 45 mil pessoas com deficiências em Piracicaba e região”, disse André Bandeira. 

O trabalho de busca por apoio popular para vinda da unidade foi iniciado em maio deste ano pelo vereador. Desde então, foram desenvolvidas diversas ações, como busca de parcerias com entidades e organizações da cidade, assim como pedágio em semáforos para angariar assinatura de populares.

A Rede de Reabilitação Lucy Montoro oferece tratamentos para a reabilitação de lesão medular, amputação, má-formação, lesões encefálicas, paralisia cerebral e dor incapacitante, por meio de uma equipe multidisciplinar formada por enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, educadores físicos, fonoaudiólogos e médicos fisiatras. 

Se instalada, a unidade local atenderia ainda Águas de São Pedro, Analândia, Araras, Capivari, Charqueada, Conchal, Corumbataí, Cordeirópolis, Elias Fausto, Engenheiro Coelho, Ipeúna, Iracemápolis, Itirapina, Laranjal Paulista, Leme, Limeira, Mombuca, Pirassununga, Rafard, Rio Claro, Rio das Pedras, Saltinho, Santa Cruz da Conceição, Santa Gertrudes, Santa Maria da Serra e São Pedro. 

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em Piracicaba 75 mil pessoas apresentam alguma deficiência ––número que chega a 350 mil na soma das 27 cidades que constituem o aglomerado que teria acesso ao centro de reabilitação.

Atualmente, a unidade da rede mais próxima localiza-se em Mogi Mirim, a 90 quilômetros de Piracicaba, um dos motivos para a reivindicação pela construção de um centro na cidade. "A pessoa, quando sofre acidente, não pode perder tempo, tem que entrar na reabilitação o quanto antes possível", disse Bandeira. 

A construção proporcionaria menos gastos para as redes de saúde municipais, uma vez que os moradores das 27 cidades passariam a realizar acompanhamento em Piracicaba.



Texto:  Assessoria parlamentar
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337


Legislativo André Bandeira

Notícias relacionadas