PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 14 DE AGOSTO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

07 DE AGOSTO DE 2018

Trevisan vê perseguição a quem faz críticas à administração da cidade


"Nesta cidade, falar a verdade é crime: ou você é perseguido ou tem batalhão de choque para defender", disse o vereador, na tribuna.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Trevisan ocupou a tribuna durante a reunião ordinária desta segunda-feira




Em tom de desabafo, o vereador Laércio Trevisan Jr. (PR) lamentou descasos verificados na rede pública de saúde e, sem citar nomes, disse que pessoas que fazem críticas à administração municipal têm sido perseguidas.

"Na primeira oportunidade, colocam capanga para ir atrás e mandam carta sigilosa", afirmou o parlamentar, na tribuna, durante a 41ª reunião ordinária, nesta segunda-feira (6).

"Precisa ter mais gente com coragem para usar a tribuna e falar a verdade. Nesta cidade, falar a verdade é crime: ou você é perseguido ou tem batalhão de choque para defender", completou o vereador.

Trevisan cobrou agilidade na tramitação do projeto de resolução 4/2018, de sua autoria, que propõe a criação de comissão de estudos na Câmara para avaliar problemas relacionados à saúde pública no município.

"Pessoas estão morrendo por falta de atendimento, perdendo o pé, a perna, em estado de urgência e não vão para a internação. Funcionários e médicos não olham no rosto do vereador que vai fiscalizar. Não sabem discernir isso, não levantam a cabeça para atender quem o vereador está lá para representar, que é a população", comentou.



Texto:  Ricardo Vasques - MTB 49.918
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: LegislativoLaércio Trevisan Jr

Notícias relacionadas