PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

13 DE SETEMBRO DE 2019

Fundador do Pecege pede apoio para doação de área para sede própria


Pedro Valentim Marques ocupou a Tribuna Popular na 50ª reunião ordinária.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Agrônomo pediu o apoio da Câmara para viabilizar doação para a construção de sede própria






Criador do Pecege, o agrônomo e professor Pedro Valentim Marques ocupou a Tribuna Popular, na 50ª reunião ordinária, nesta quinta-feira (12), para descrever o histórico do instituto e solicitar apoio para a doação de uma área para a construção de uma sede própria. "É com muito orgulho que venho dividir com vocês esse sonho que se tornou realidade. Nós gostaríamos do apoio da comunidade, da Prefeitura e da Câmara nesse nosso pleito de conseguir uma área para a nossa sede", disse o agrônomo.

O Pecege surgiu em 1986, quando Marques tornou-se professor da Esalq-USP (Escola Superior de Agronomia "Luiz de Queiroz", da Universidade de São Paulo). Após cursar agronomia e mestrado na Esalq, ele fez doutorado nos Estados Unidos e, ao voltar para o Brasil, ingressou novamente na Esalq, onde notou que faltava interação na universidade com a comunidade.

Dessa forma, fundou o Instituto Pecege, instituição privada e sem fins lucrativos, com o objetivo de desenvolver e divulgar o conhecimento. "Queremos que todo nosso conhecimento, toda nossa tecnologia se revertam em prol da comunidade", disse.

Em 2010, o Pecege passou a oferecer cursos a distância e, hoje, possui cerca de 15 mil alunos. O instituto também organiza cursos para a USP direcionados principalmente a regiões de baixo índice educacional, com aulas ao vivo transmitidas via internet a partir de um estúdio. "Nossa ideia é melhorar a escola, a cultura e a população", afirmou.

Marques também falou sobre a Faculdade Pecege e sobre o curso, recentemente avaliado pelo Ministério da Educação, de gerenciamento de projetos. Hoje o Pecege tem cerca de 200 colaboradores, 400 orientadores e 250 professores.



Texto:  Larissa Souza
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Ricardo Vasques - MTB 49.918
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: Tribuna Popular

Notícias relacionadas