PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 24 DE MAIO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

10 DE DEZEMBRO DE 2021

Vereadora critica elevação de gastos públicos com iluminação natalina


"Desmontou o observatório astronômico e, enquanto isso, gasta 10 vezes mais do que em 2020 com iluminação de natal", diz Rai de Almeida sobre prefeito.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 Salvar imagem em alta resolução

Rai de Almeida em discurso na tribuna na noite desta quinta-feira (9), durante a 51ª reunião ordinária de 2021






A vereadora Rai de Almeida (PT) em discurso na tribuna nesta quinta-feira (9), durante a 51ª reunião ordinária de 2021, na condição de líder de bancada, criticou os gastos da prefeitura com iluminação natalina em pontos turísticos da cidade. "Não dá pra ficarmos quietos diante disso. De 27 mil reais que foram gastos em 2020, ele vai empregar [neste ano] mais de 250 mil para a iluminação da festanças de natal. É bonito, é… mas, também, é bonito vermos nossa cidade sem fome, sem miséria e sem necessidade", disse a parlamentar. 

Na sequência, Rai de Almeida também citou o fechamento do observatório astronômico municipal, e disse sobre o prefeito Luciano Almeida (DEM): "desmontou o observatório astronômico e, aí, outros serviços também que já encerraram as atividades. Enquanto isso, ele gasta 10 vezes do que em 2020 com iluminação de natal", completou.

A parlamentar também falou sobre o recente anúncio feito pelo mandatário municipal em suas redes sociais de que vetará os projetos de lei 153 e 154, recentemente aprovados pela Câmara Municipal de Piracicaba e que, respectivamente, estabelecem a manutenção de gratificações para servidores da educação afastados, dentre outras situações, em casos de pandemia, e a manutenção da assiduidade para profissionais de saúde igualmente afastados de suas funções por calamidade pública ou pandemia:

"Queremos lamentar o veto. Enquanto isso, também, o prefeito alegando redução de custos e para economizar recursos, fechou a Pinacoteca para recepcionar a Polícia Federal e, com isso se isentar do pagamento do aluguel [do atual prédio da PF]. Ao invés de negociar com o governo federal para que ele assuma essa responsabilidade, ele, na verdade, se exime dessa articulação e fecha a Pinacoteca", disse. 

O discurso completo de Rai de Almeida pode ser visto no canto superior esquerda da tela.



Texto:  Fabio de Lima Alvarez - MTB 88.212
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Legislativo Rai de Almeida

Notícias relacionadas