PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 5 DE JUNHO DE 2020
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

25 DE SETEMBRO DE 2019

Simulação de acidente impacta população sobre imprudência no trânsito


Fórum Permanente sobre Educação para o Trânsito, proposto pelo vereador Isac Souza, acompanhou simulação de salvamento veicular para produção de vídeo educativo



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (1 de 15) Salvar imagem em alta resolução

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (2 de 15) Salvar imagem em alta resolução

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (3 de 15) Salvar imagem em alta resolução

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (4 de 15) Salvar imagem em alta resolução

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (5 de 15) Salvar imagem em alta resolução

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (6 de 15) Salvar imagem em alta resolução

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (7 de 15) Salvar imagem em alta resolução

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (8 de 15) Salvar imagem em alta resolução

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (9 de 15) Salvar imagem em alta resolução

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (10 de 15) Salvar imagem em alta resolução

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (11 de 15) Salvar imagem em alta resolução

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (12 de 15) Salvar imagem em alta resolução

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (13 de 15) Salvar imagem em alta resolução

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (14 de 15) Salvar imagem em alta resolução

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (15 de 15) Salvar imagem em alta resolução

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 Salvar imagem em alta resolução

Operação na praça José Bonifácio quebrou a rotina de pedestres



Os sinos da Catedral de Santo Antônio entoam as badaladas. São 10h em ponto, de uma manhã cinzenta atípica para a Primavera recém-chegada, com termômetros em 18 graus. Preocupados com seus compromissos, os pedestres cruzam a praça José Bonifácio com passos apertados, alguns agasalhados e outros, mais precavidos, com guarda-chuvas a tiracolo.

A descrição acima é de uma quarta-feira comum e não se encaixa com a registrada neste 25 de setembro, nos mesmos local e horário, onde estão dois veículos posicionados em frente à igreja, um deles capotado e ambos com indício de colisão.

Em cada um dos automóveis ––um Volkswagen Santana e um Hyundai HB20–– há dois passageiros. No primeiro caso, o abuso de álcool em uma festa. No segundo, a pressa para chegar ao trabalho. Em comum, o excesso de velocidade e a falta de cintos de segurança. A consequência: uma vítima fatal, projetada para fora do segundo veículo, e três feridos à espera de socorro.

Seria um acidente real? Por qual motivo a praça estava tomada por tantas viaturas? A reação das pessoas era de atenção, curiosidade...

A resposta vem na sequência, quando, ao microfone, o tenente do Corpo de Bombeiros Michel Leme Beraldo explica que a cena se trata de uma simulação. Sua realização acontece por meio do empenho de diversas parcerias, entre as quais o Fórum Permanente sobre Educação para o Trânsito, que a Câmara realiza por iniciativa do vereador Isac Souza (PTB).

Presente na praça uma hora antes de o simulado ter início, o vereador Isac Souza observou a movimentação, o engajamento das equipes e a curiosidade dos pedestres. "A ação quebra a rotina das pessoas e a percepção delas sobre um salvamento. O simulado é muito próximo da realidade. Os grupos envolvidos conseguiram, de forma muito didática, conscientizar sobre um trânsito mais seguro", avalia.

“A simulação de salvamento veicular foi pensada para marcar a Semana Nacional do Trânsito em 2019 na cidade e, além de servir como treinamento, demonstra de forma prática a importância de uma condução responsável no trânsito”, explica Paulo Ricardo Baldin Rossetti, capitão do Corpo de Bombeiros.

As vítimas, todas ensanguentadas, são atores voluntários, que receberam maquiagem especial para a ocasião, aos cuidados de Regina Giácomo. Além do Corpo de Bombeiros, Bombeiros Civis e da Polícia Militar, o apoio à operação veio da Semuttran (Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes), Samu Grau, Hospital dos Fornecedores de Cana e Detran-SP.

Na plateia, Marly do Nascimento Pereira observa atentamente os procedimentos, acompanhada do filho Jonathan Nascimento Sousa, de nove anos. Moradora do bairro Eldorado, a dona de casa estava de passagem pelo Centro em direção ao Terminal Central de Integração. Resolveu ficar e assistir a simulação até o fim. "Às vezes, a gente acha que o cinto incomoda, mas o tenente tem razão em tudo: são 10 segundos que salvam uma vida", diz, ao completar: "é só vendo de perto para a gente ter noção de como as coisas funcionam".

A simulação durou aproximadamente 45 minutos. Marcada pela riqueza de detalhes, demonstrou ainda como as equipes precisam atuar de maneira coordenada durante o salvamento, desde o processo de isolamento da área do acidente, estabilização das vítimas, corte do veículo para a retirada dos passageiros, procedimentos médicos aplicados no local do acidente até a transferência para uma unidade de saúde.

A operação também foi acompanhada pela equipe do Departamento de Comunicação da Câmara, que a partir da captação das imagens da simulação inicia a produção de um vídeo educativo de conscientização sobre o trânsito, uma das demandas do Fórum Permanente sobre Educação para o Trânsito.



Texto:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Fórum de Educação para o Trânsito Isac Souza

Notícias relacionadas