PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 22 DE ABRIL DE 2024
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

26 DE MARÇO DE 2024

Mãe infectada pela dengue protesta contra falta de ação


Munícipe que teve a família inteira contaminada pela dengue usou a Tribuna Popular para pedir providências



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Rubens Cardia (MTB 27.118) Salvar imagem em alta resolução

Elizangela Cristina Coutinho dos Santos, moradora da Vila Rezende, foi a oradora da Tribuna Popular






A contaminação pela dengue atingiu a família inteira de Elizangela Cristina Coutinho dos Santos, moradora da Vila Rezende. Ela usou a Tribuna Popular, durante a 15ª Reunião Ordinária, nesta segunda-feira (25), para reclamar da falta de ações e de respostas do poder público quanto à proliferação dos casos da doença na cidade e também para solicitar ajuda para que sejam tomadas providências.

Ela contou que, além dela, foram infectados também o marido e as duas filhas, ambas com comorbidades. Uma delas desenvolveu complicações decorrentes da dengue e precisou ser hospitalizada. Após o susto com a saúde das filhas, a oradora contou que entrou em contato com a Prefeitura através do 156 e solicitou a nebulização e bloqueio da região onde mora, já que ela disse que as casas do quarteirão inteiro já registraram casos.

A resposta, segundo a munícipe, foi que o serviço dependia de solicitação da Vigilância Epidemiológica. “Não recebi nenhuma ligação, nenhuma visita, é como se eu e a população de Piracicaba não existisse”, afirmou. “E se minha filha tivesse ido embora? Seria só estatística e eu choraria o resto da minha vida. Não tenho resposta e por isso vim pedir ajuda. Nenhuma mãe pode perder um filho, ninguém pode enterrar um ente querido. Não posso ligar no 156 e receber somente um papel. Preciso que a Vigilância Epidemiológica me dê respaldo e não fique me jogando como ioiô”.

Confira, no vídeo, o discurso completo da oradora.



Texto:  Aline Macário - MTB - 39.904
Imagens de TV:  TV Câmara


Tribuna Popular

Notícias relacionadas