PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 29 DE JUNHO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

26 DE ABRIL DE 2022

Liderança do Parque Orlanda responde boatos sobre “sumiço de emenda”


Marcelo “Muchá” Vieira ocupou a tribuna popular da Câmara durante a 12ª reunião ordinária, na noite desta segunda-feira (25).



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Marcelo Vieira ocupou a tribuna popular na noite desta segunda-feira (25)






Presidente da Associação dos Moradores do bairro Parque Orlanda, Marcelo “Muchá” Vieira ocupou a tribuna popular da Câmara, na noite desta segunda-feira (25), durante a 12ª reunião ordinária, para responder boatos de que teria “sumido” uma emenda parlamentar de R$ 100 mil, destinadas à reforma do centro comunitário daquela região.

“É preciso esclarecer que existe um procedimento legal até que os recursos provenientes de uma emenda parlamentar chegue ao seu destino”, disse Muchá, ao informar que a reforma do espaço é o “ponto central” de sua luta enquanto presidente da entidade.

Carteiro de profissão, a liderança de bairro fez um histórico sobre a sua atuação para reativar a associação e, como consequência, de buscar melhorias para o centro comunitário. “Em maio do ano passado, saiu uma reportagem na EPTV demonstrando o espaço todo abandonado, foi a partir daí que fui em uma plenária do Orçamento Participativo e comecei uma reformulação da entidade”, acrescentou.

Muchá também explica que, ao longo deste período, desde que assumiu a associação, tem buscado diversas melhorias para o bairro, tendo a reforma do centro comunitário como prioridade, já que é um local em que a população pode realizar eventos, como festas, e se torne, de fato, um espaço de convívio dos moradores daquela região.

“A reforma do centro comunitário está sendo analisada em um procedimento interno da Prefeitura de Piracicaba”, acrescentou. “Só para a população entender, em 16 de fevereiro deste ano, tem um pedido para que fosse elaborado um mapa de cotação do que deverá ser realizado no prédio”, disse a liderança do Parque Orlanda.

Ele detalhou, ainda, que, assim que a Prefeitura finalizar todo o procedimento do que será realizado no centro comunitário, deverá encaminhar um projeto de lei à Câmara para que possa receber os recursos destinados a partir da emenda parlamentar. “Os recursos não estão na associação dos moradores, como algumas pessoas têm mentido. Tampouco, estão comigo, que sou presidente da entidade”, esclareceu. 



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Tribuna Popular

Notícias relacionadas