PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 17 DE AGOSTO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

03 DE AGOSTO DE 2018

Isac Souza faz apelo contra 'ativismo judicial' do STF


Moção de apelo foi aprovada em regime de urgência na 40ª reunião ordinária.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Isac: "Ministros do STF estão tentando construir normas naquilo que não é de competência deles"






De autoria do vereador Isac Souza (PTB), a moção de apelo 98/2018 pede à Câmara dos Deputados a aprovação do projeto de lei 4.754/2016, que define como crime de responsabilidade dos ministros do STF (Supremo Tribunal Superior) a usurpação das competências dos poderes Legislativo e Executivo.

A moção foi aprovada em regime de urgência na noite desta quinta-feira (2), durante a 40ª reunião ordinária. Na justificativa, Isac chama a atenção para os riscos do "ativismo judicial", quando o Judiciário interfere nas atividades de responsabilidade dos demais poderes.

Segundo o vereador, essa ação cria um precedente que afeta a harmonia dos três poderes. "Nossos ministros do STF invariavelmente estão tentando construir normas naquilo que não é de competência deles", argumenta Isac.

O vereador citou como exemplo a criminalização do aborto: caso o projeto de lei 4.754/2016 não seja aprovado pelo Congresso Nacional, o STF poderá interferir na decisão, tornando legal a prática do aborto no Brasil.

Em pela ordem, os vereadores Gilmar Rotta (MDB) e Osvaldo Schiavolin, o Tozão (PSDB), parabenizaram a moção de apelo de Isac. "O aborto é tão polêmico, que se faz jus não a três ou quatro pessoas resolverem, e sim uma população toda. Nós temos que estar bem atentos a isso", disse Tozão.



Texto:  Thaís Passos
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Ricardo Vasques - MTB 49.918
Imagens de TV:  TV Câmara


Legislativo Isac Souza

Notícias relacionadas