PIRACICABA, SÁBADO, 26 DE NOVEMBRO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

21 DE SETEMBRO DE 2022

Escolas da rede municipal receberão sistema de energia fotovoltaica


Secretário de Educação, Bruno Roza, anunciou para o vereador Felipe Gema que será aberta licitação para instalação de energia fotovoltaica nas escolas da rede municipal



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (1 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (2 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (3 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (4 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (5 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (6 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (7 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (8 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (9 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (10 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (11 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (12 de 12) Salvar imagem em alta resolução

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 Salvar imagem em alta resolução

Em agosto, Felipe Gema apresentou indicação em que sugeriu a instalação das estações nas escolas municipais



Até o fim do ano, as 124 escolas da rede municipal de ensino e as cerca de 10 unidades administrativas da Secretaria de Educação deverão começar a ser contempladas com sistemas de geração de energia fotovoltaica. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (21) pelo secretário de Educação, Bruno Cesar Roza, para o vereador Felipe Jorge Dario, o Felipe Gema. Em agosto, o parlamentar apresentou a indicação 2389/2022, em que sugeriu a instalação das estações nas unidades para fomentar a geração de energia limpa na cidade.

Na reunião com o vereador, na sede da Secretaria de Educação, o dirigente da pasta informou que já foi concluído processo de referenciamento do projeto pelo setor de engenharia e, na terça-feira (20), foi assinada a requisição para abertura da licitação. De acordo com o secretário, o objetivo é acelerar o procedimento administrativo para que a execução aconteça até o fim do ano, tendo em vista que, em dezembro, está prevista uma alteração na legislação federal que vai acarretar no aumento da tributação sobre as estações de energia fotovoltaica.

“É um investimento considerável, mas o payback (tempo de retorno do investimento) é de quatro anos”, explicou o secretário. “Esse projeto já saiu do papel, não é uma promessa, é um fato que já está acontecendo”.

Felipe Gema destacou, na indicação, que a utilização da energia fotovoltaica gera uma economia em grande escala na despesa com energia elétrica. Além disso, lembrou que se trata de um procedimento que não agride o meio ambiente. “Como o Poder Executivo divulgou que pretende implementar reformas nas unidades escolares do município, este momento é uma grande oportunidade de inserir e contemplar a instalação da energia fotovoltaica nos projetos de reformas e adequações dos prédios”, colocou.

Captação de água – Na reunião desta quarta-feira (21), o vereador Felipe Gema aproveitou para reforçar junto à secretaria a indicação 2390/2022, que sugere a implantação de cisternas para coleta de água da chuva nas unidades escolares do município. Para o parlamentar, a medida possibilitaria o reuso da água coletada, o que ampliaria a responsabilidade ambiental do município. “A água das chuvas pode ser utilizada nos vasos sanitários, lavagem de pátios, para regar os jardins e hidratar plantas e hortas”, sugeriu o vereador.

O secretário Bruno Roza explicou que nem todos os prédios atendem aos critérios para a adoção da medida por falta de espaço físico. No entanto, salientou que a sugestão será incluída nos estudos da secretaria, inclusive com envolvimento do Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto).

“É uma questão de segurança hídrica para o município nas épocas de seca”, avaliou o secretário. Ele lembrou que poços artesianos instalados nas escolas já foram utilizados na época da crise hídrica. Além disso, considerou que o projeto pode ajudar na campanha pela redução do consumo de água das unidades, que já está em andamento através do monitoramento dos gastos de cada escola. Esse acompanhamento já possibilitou a identificação de vazamentos e outros problemas e a adoção de medidas que resultaram na redução de despesas com água nas escolas.



Texto:  Aline Macário - MTB - 39.904
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Revisão:  Rebeca Paroli Makhoul - MTB 25.992


Educação Meio Ambiente Felipe Gema

Notícias relacionadas