PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 10 DE AGOSTO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

28 DE JUNHO DE 2022

Empresário diz que a lei do silêncio precisa ser revista


Reinaldo Pousa utilizou sete minutos na noite desta segunda-feira (27) para falar sobre a necessidade de adequação da atual lei do silêncio no município



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Empresário Reinaldo Pousa na tribuna da Câmara






"Como podemos trabalhar com o som em 55 decibéis após às 22h"? Esse foi um dos questionamentos do empresário Reinaldo Pousa ao discorrer sobre o assunto na tribuna popular na noite desta segunda-feira (27), durante a 28ª reunião ordinária.

Segundo orador da noite, Pousa apresentou ao plenário as dificuldades do setor de eventos em cumprir a legislação em vigor que determina o volume máximo de 55 decibéis após às 10h da noite. "A lei é auferida em frente ao estabelecimento, em frente à caixa de som. A aferição real tem que ser feita no quarto da pessoa que está reclamando. E outra: é impossível manter um evento emitindo 55 decibéis depois das 22h", explicou Pousa.

O empreendedor defende a revisão da lei do silêncio no município. "Em São Paulo (SP), o assunto foi revisto de modo que não está atrapalhando os moradores ao entorno da casa de eventos. Além disso, músicos e comerciantes dependem dessa atividade econômica para sobreviver", ponderou. "Não queremos bagunça, queremos trabalho sério", concluiu.



Texto:  Marcelo Bandeira - MTB 33.121
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Imagens de TV:  TV Câmara


Tribuna Popular

Notícias relacionadas