PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

09 DE SETEMBRO DE 2022

Em abertura de cápsula do tempo, escola é homenageada pelos 125 anos


O vereador Thiago Ribeiro entregou moção de aplausos à Escola Estadual "Sud Mennucci" durante o evento ocorrido nesta quarta-feira.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Assessoria parlamentar (1 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Homenagem foi entregue à diretora da escola e aos ex-diretores

Homenagem foi entregue à diretora da escola e aos ex-diretores
Foto: Assessoria parlamentar (2 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Homenagem foi entregue à diretora da escola e aos ex-diretores

Homenagem foi entregue à diretora da escola e aos ex-diretores
Foto: Assessoria parlamentar (3 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Homenagem foi entregue à diretora da escola e aos ex-diretores

Homenagem foi entregue à diretora da escola e aos ex-diretores
Foto: Assessoria parlamentar Salvar imagem em alta resolução

Homenagem foi entregue à diretora da escola e aos ex-diretores



O vereador Thiago Ribeiro entregou na manhã de quarta-feira (7) a moção de aplausos 110/2022 à Escola Estadual "Sud Mennucci" pelos 125 anos de sua fundação. O parlamentar aproveitou a data em que foi aberta a cápsula do tempo, uma ideia que o então diretor Honorato Faustino teve em 1922, e que após 100 anos surpreendeu a todos com os objetos encontrados. A data também marcou o bicentenário da Independência do Brasil. A entrega da homenagem ocorreu em cerimônia restrita na própria instituição, com a presença de representantes da escola, autoridades e historiadores.

O texto da propositura afirma que a escola foi fundada em 1897 no Centro da cidade como Escola Complementar de Piracicaba, voltada à formação de professores. Em 1912, Altino Arantes, secretário estadual do Interior, esteve em Piracicaba para receber a doação feita pela Câmara Municipal do terreno situado no loteamento da antiga Chácara Laport.

A moção relata, ainda, que em 5 de julho de 1913 foi lançada a primeira pá de concreto das fundações, com grande festa. A inauguração da sede nova da Escola Normal de Piracicaba ocorreu em 11 de agosto de 1917, quando a escola deixou o antigo prédio, onde se instala a Escola Complementar, na rua do Rosário. Já contava 20 anos, havendo diplomado 16 turmas de professores primários e era tradicional pela qualidade do ensino e dos ex-alunos.

Segundo o texto da propositura, a escola foi projetada pelo arquiteto João Bianchi e adaptada por Artur Castagnoli, em 1913, cabendo a Carlos Rosencrantz o detalhamento dos ornamentos internos. Construídas pelo Departamento de Obras Públicas do Estado de São Paulo, as Escolas Normais, em 1919, somavam dez unidades elaboradas, com programas desenvolvidos para atender às exigências determinadas pelo regime republicano, que entendia a necessidade de bem formar os professores primários. As escolas foram dotadas de auditórios e bibliotecas, além de áreas para prática esportiva. Em 1920, a lei 1.750 reformulou todo o ensino público estadual e unificou as dez escolas normais, igualando-as aos ginásios, como estabelecimentos de ensino secundário especial.

Trecho do documento, originalmente publicado pelo Jornal de Piracicaba, afirma que grandes personalidades na área de educação local foram alunos ou professores naquela unidade. Entre eles, o próprio patrono da unidade, Sud Mennucci, filho de imigrantes italianos, formou-se professor e foi delegado de Ensino em Campinas e Piracicaba. Em 1930, trabalhou no jornal O Tempo e atuou também como diretor do Diário Oficial do Estado de São Paulo. Em 1931, tornou-se diretor-geral do Ensino, cargo equivalente a secretário estadual de Educação. Ainda fundou o Centro do Professorado Paulista, do qual foi presidente por 18 anos.

A moção elogia, ainda, as "lindas arquiteturas" da escola, que tem um formato físico de convento. Segundo o texto, a escola é reconhecida como uma das 10 maravilhas do município, tendo sido tombada como patrimônio histórico em 2002 pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico.

Estiveram presentes na entrega da honraria a diretora Márcia Aparecida Lima Vieira e os ex-diretores Ângelo Manoel Cobra e Benedita Ivete Negreiros, a historiadora Marly Therezinha Germano Perecin e o presidente em exercício da Câmara Municipal de Piracicaba, Acácio Godoy.

Thiago Ribeiro destacou a importância do reconhecimento da história de Sud Mennucci, patrono da escola, e sua importância na formação de muitas pessoas que por ali passaram e também das que ainda estudam na escola. Enalteceu também a "brilhante ideia" do professor Honorato Faustino, diretor da escola em 1922, através da cápsula do tempo, de contar como viviam as pessoas na época e o que pensavam para as futuras gerações, armazenando na caixa de cobre cartas, documentos, trabalhos escolares, dinheiro, jornais e demais registros.



Texto:  Assessoria parlamentar
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Revisão:  Ricardo Vasques - MTB 49.918


Homenagem Thiago Ribeiro

Notícias relacionadas