PIRACICABA, DOMINGO, 3 DE JULHO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

24 DE MAIO DE 2022

Centenário do bairro Tupi é abordado por oradores na Tribuna Popular


Antonio Carlos Angolini e Carlos José Marco da Silva, moradores do bairro, discursaram na reunião ordinária desta segunda-feira (23)



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (1 de 2) Salvar imagem em alta resolução

Antonio Carlos Angolini, historiador

Antonio Carlos Angolini, historiador
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (2 de 2) Salvar imagem em alta resolução

Carlos José Marco da Silva, líder comunitário do distrito de Tupi

Carlos José Marco da Silva, líder comunitário do distrito de Tupi
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Antonio Carlos Angolini, historiador






Nesta segunda-feira (23), na 20ª reunião ordinária, a Tribuna Popular foi ocupada por dois oradores que discorreram sobre os 100 anos do distrito de Tupi. O historiador Antonio Carlos Angolini tratou da formação e da história do local; Carlos José Marco da Silva, por sua vez, escolheu relatar os problemas enfrentados pelos moradores dali. 

Angolini mostrou um exemplar do Jornal de Piracicaba de 1968 que falava sobre o distrito e, em sua fala, traçou um panorama sobre o nascimento de Tupi, que, segundo ele, se relaciona com a expansão ferroviária, a partir da construção de diversas estações de trem na região de Santa Bárbara, Nova Odessa e Piracicaba, no início do século passado. Na época, em troca da criação de uma estação ferroviária na área, fazendeiros locais doaram terras para o governo, que foram destinadas à criação de uma estação experimental de algodão - cultura trazida pelos imigrantes americanos, conforme destaca o pesquisador. As terras dariam origem, posteriormente, ao Horto Florestal de Tupi. 

O historiador relata, ainda, que a Câmara Municipal de Piracicaba adquiriu uma grande área em fazenda da região, loteando os quarteirões principais e organizando a venda dos terrenos - sendo Tupi, assim, um bairro planejado. Rememorou também a criação da Festa de São João, muito conhecida até hoje, e enumerou outros aspectos do desenvolvimento da região. 

“Tenho chamado atenção e trabalhado para tornar Tupi mais turístico do que ele já é. Eu convido a todos que visitem e ajudem a divulgar, para que nós venhamos a comemorar condignamente”, reivindicou Angolini. 

O vereador Paulo Camolesi (PDT) fez um aparte, ressaltando o extenso acervo documental e a dedicação do orador no estudo do assunto e parabenizando-o pelo importante trabalho de registro histórico.

Carlos José Marco da Silva foi o segundo a ocupar a Tribuna Popular para tratar do distrito. O líder comunitário optou por mostrar outra perspectiva sobre o local, abordando os aspectos negativos pelos quais passam seus moradores - como o crescimento desordenado proporcionado pelo surgimento de outros bairros ao redor, mesmo com seu nascimento inicialmente planejado; a falta de área de lazer no bairro Jardim Bartira; ausência de ônibus e falta de água por inexistência de ligação entre a rede e a estrutura das casas no bairro Santa Isabel; e investimento público insuficiente de forma geral. 

Em aparte, o vereador Laércio Trevisan Jr. (PL) lembrou que a Casa aprovou, na reunião ordinária ocorrida na segunda-feira (16), requerimento que questiona o Executivo sobre o pedido de ligação de água no bairro feito ao Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto).

O orador refletiu sobre os saldos do aniversário do distrito e as políticas a ele destinadas: “O que nós tanto temos para comemorar no centenário de Tupi? Nós não recebemos sequer uma rua recapeada. Nós nos sentimos meio que abandonados”. Solicitou, ainda, a atenção e o apoio dos demais vereadores para resolução dos problemas do distrito. “Para quem vai à festa de São João e vê uma igreja muito bem cuidada, Tupi é muito bonito. Mas quem anda lá nas comunidades, como eu ando, sabe como é”, destacou. 

O vereador Zezinho Pereira (União Brasil) relatou, em aparte, que esteve em reunião com promotor do Ministério Público para tratar da situação da água, também enfrentada pelo distrito de Ibitiruna. O vereador Pedro Kawai (PSDB) também utilizou de aparte para parabenizar os oradores e as lideranças locais pelas manifestações por políticas públicas “sempre inteligentes e coerentes”. 

Os discursos dos munícipes podem ser conferidos na íntegra nos vídeos acima.



Texto:  Laura Fedrizzi Salere
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Tribuna Popular

Notícias relacionadas