PIRACICABA, QUINTA-FEIRA, 9 DE ABRIL DE 2020
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

25 DE MARÇO DE 2020

Câmara dispõe de R$ 4 milhões para combate ao coronavírus


Vereadores sugerem que os recursos sejam destinados à saúde, para apoio ao combate à pandemia.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução


Com o aval de todos os vereadores, o presidente da Câmara de Vereadores de Piracicaba, Gilmar Rotta, anunciou nesta quarta-feira (25) o corte de R$ 4.050.000 do orçamento de 2020 do Legislativo, que poderão ser transferidos diretamente para a Secretaria Municipal de Saúde em apoio ao combate ao novo coronavírus. A redução será em obras estruturais previstas para este ano, consumo de combustível e materiais de consumo e foi informada ao prefeito Barjas Negri (PSDB).

Nesta quarta-feira, após contato e consenso com todos os vereadores em exercício, a Mesa Diretora discutiu com os secretários municipais de Saúde, Pedro Mello, e de Finanças, José Admir Leite, as rubricas para as quais o orçamento poderá ser destinado. O corte de verbas será nos duodécimos, parcelas mensais que correspondem a 1/12 avos do valor da receita prevista no orçamento geral da Câmara. "Nos últimos dias, nós nos debruçamos em cada item do nosso orçamento e entendemos que o planejamento, feito já no ano passado para este ano, nos dá condições de contribuir no combate à pandemia", disse Gilmar Rotta.

O presidente explicou ainda que, diferentemente de outras situações de corte de orçamento, em que os recursos eram remanejados para o caixa geral da Prefeitura, agora o pedido é para que as rubricas sejam para apoio aos serviços de saúde e gastos de alta e média complexidades e atenção básica, em apoio aos hospitais. "Assim, os recursos poderão ser destinados a pagamento de servidores e aquisição de equipamentos para o combate ao novo coronavírus", disse o vice-presidente da Câmara, Pedro Kawai (PSDB), que acompanhou a apresentação da proposta ao prefeito na tarde desta quarta-feira.

Com a cessão, caberá à Prefeitura a elaboração do projeto que vai remanejar as verbas conforme sugestões da Câmara. Os esforços são para que a votação do projeto aconteça o mais rápido possível e, para isso, serão convocadas reuniões extraordinárias.

Pedro Mello disse que o esforço da Câmara é "fundamental" para que se tenha mais estrutura para o combate à pandemia e "demostra a responsabilidade de todos os vereadores com a saúde da população".



Texto:  Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: Coronavírus André Bandeira Ary Pedroso Jr Carlos Gomes da Silva Carlos Cavalcante Dirceu Alves José Longatto Laércio Trevisan Jr Paulo Henrique Ronaldo Moschini Chico Almeida Gilmar Rotta Matheus Erler Paulo Campos Pedro Kawai Paulo Serra Rerlison Rezende Isac Souza Jonson Oliveira Adriana Nunes Lair Braga Nancy Thame Marcos Abdala Osvaldo Schiavolin Aldisa Marques Wagner Oliveira Antonio Padovan Zezinho Pereira Chico Roncato

Notícias relacionadas