PIRACICABA, DOMINGO, 3 DE JULHO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

27 DE MAIO DE 2022

Câmara aprova "Dia Roxo" para conscientizar sobre a epilepsia


Projeto de Lei de autoria do vereador André Bandeira (PSDB) foi aprovado em plenário na noite desta quinta-feira (26)



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 Salvar imagem em alta resolução

Projeto de lei 78/2022 foi aprovado em primeira discussão na noite desta quinta-feira (26)



A Câmara Municipal de Piracicaba aprovou em primeiro turno durante a 21ª reunião ordinária de 2022 a inclusão do 26 de março no calendário oficial do Município como o "Dia Roxo", o Dia Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Epilepsia.

A instituição da data, proposta por meio do projeto de lei 78/2022, de autoria do vereador André Bandeira (PSDB), segundo texto da propositura, tem como premissas conscientizar a população sobre o que é a epilepsia, combater o preconceito para com as pessoas que dela padecem, sensibilizar a sociedade, divulgar as atitudes a serem tomadas pelos que presenciam uma crise, estimular atividades de divulgação, proteção e apoio às pessoas com epilepsia e seus familiares e "divulgar, prestar informações e apoiar pessoas com epilepsia que buscam tratamentos de saúde".

Na justificativa do projeto, o vereador traz que a data foi criada "por uma criança de nove anos de idade, Cassidy Megan, de Nova Escócia, no Canadá, juntamente com a associação de epilepsia da cidade", e lembra que a epilepsia é uma alteração neurológica cujas crises "podem se manifestar com convulsões que variam entre breves lapsos de atenção e contrações musculares até episódios prolongados e severos, e se manifestar em qualquer pessoa, independente da faixa etária".

De acordo com o parlamentar, "tais características levam ao preconceito contra as pessoas com essa doença, sendo certo que justo se faz a presente homenagem, trazendo para a cidade de Piracicaba, oficialmente, um dia que é celebrado no mundo inteiro como símbolo de conscientização sobre a doença e combate ao preconceito".



Texto:  Fabio de Lima Alvarez - MTB 88.212
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Legislativo André Bandeira

Notícias relacionadas