PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

13 DE MAIO DE 2022

Advogado Guilherme Chiquini recebe Título de Cidadão Piracicabano


“Esse reconhecimento reforça o meu compromisso com a cidade”, disse, ao receber a homenagem na noite desta sexta-feira (13).



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (1 de 6) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (2 de 6) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (3 de 6) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (4 de 6) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (5 de 6) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (6 de 6) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 Salvar imagem em alta resolução





O advogado Guilherme Aparecido de Jesus Chiquini, nascido em Joanóplis-SP, recebeu o Título de Cidadão Piracicabano da Câmara Municipal de Piracicaba, a partir de uma iniciativa do vereador Pedro Kawai (PSDB), autor do Decreto Legislativo 32/2021. A solenidade aconteceu no Salão Nobre “Helly de Campos Melges”, na noite desta sexta-feira (13), e foi acompanhada por familiares, amigos e companheiros de profissão.

“Esse reconhecimento só reforça o meu compromisso com Piracicaba e com os piracicabanos”, disse Guilherme Chiquini. Ele lembrou que, em sua trajetória, “nada foi fácil, sempre conquistei as coisas com muita dificuldade”, disse. “Eu passei no exame da Ordem dos Advogados do Brasil enquanto eu já morava em Piracicaba e, depois disso, aluguei uma sala dentro de um escritório, e comecei”, relatou. “Mas Piracicaba é uma terra fértil e que, até então, tem me permitido colher muito, o que sou grato”, concluiu.

O vereador Pedro Kawai destacou que, dentre as atribuições dos vereadores, só são possíveis fazer a entrega de, no máximo, quatro Título de Cidadão Piracicabano a cada mandato, “o que significa que precisamos escolher bem as pessoas”, disse, ao classificar a solenidade como “um momento ímpar”.

“A decisão de escolher o seu nome foi por conta do seu carinho, do seu profissionalismo e, vale ressaltar, ô homem bom para passar em concurso, hein!, o que mostra gana e vontade, ensinamentos para mostrar que nós podemos vencer qualquer empecilho, nós podemos vencer desde que a gente queira”, enfatizou o parlamentar.

O vereador também enalteceu outras características do homenageado. “Além de todas as características individuais, você tem um olhar comunitário, até andando pela rua você se preocupa com o bem-estar das pessoas. Porque é sempre muito fácil acusar e criticar, mas trazer soluções é para poucos, são para pessoas abençoadas por Deus, porque pensam no coletivo, e pensam no próximo”, disse.

CURRÍCULO - Nascido em 16 de junho de 1983, Guilherme é casado com Emily Chiquini e tem duas filhas, Gabriela e Giovana Chiquini. Cursou os ensinos médio e fundamental em sua cidade natal e, para ajudar nas despesas da casa, começou a trabalhar aos 14 anos como office boy num escritório de contabilidade. Em 2003, foi aprovado num concurso público municipal e passou a trabalhar como guarda noturno. No ano seguinte, iniciou o Curso de Licenciatura Plena em História na Fundação Municipal de Ensino Superior (FESB), em Bragança Paulista. Na época, estudava à noite e trabalhava de madrugada. 

A partir de 2005 passou a exercer suas atividades junto ao Setor de Administração e Finanças da Prefeitura Municipal da Estância Turística de Joanópolis. Já em 2006, ano em que viria a concluir o curso de Licenciatura em História, foi aprovado em processo seletivo para lecionar na escola municipal em que estudou, a EM Vicente Camargo Fonseca.

Em 2007, foi aprovado em outro processo seletivo – do IBGE – para o cargo de supervisor censitário em Bragança Paulista, para onde se mudou. Neste mesmo ano iniciou o Curso de Direito na Universidade São Francisco (USF), também em Bragança.

O emprego durou pouco tempo. Em meados daquele ano teve outra aprovação em concurso público: professor de História em Pedra Bela, onde viria a lecionar até 2008. Deste modo, entre 2007 e 2008, lecionava História durante o dia e cursava Direito à noite. 

Em 2009, quando estava no terceiro ano do curso de Direito, recebeu o convite de um grande amigo de infância para trabalhar no recém-inaugurado escritório de advocacia e que viria a ser um dos maiores do Brasil na área previdenciária, o Aith Badari & Luchin.

Concluiu o curso de Direito em 2011 e, em 2015, recebeu o convite de um familiar para trabalhar numa empresa que estava abrindo em Piracicaba. Aceitou o convite e se mudou com a família. Logo surpreendeu-se com as belezas do município, com a estrutura urbanística, com a qualidade de vida ímpar e com a receptividade do povo piracicabano.

Em janeiro de 2021, o escritório Guilherme Chiquini Advocacia Previdenciária completou cinco anos, atuando com concessão e revisão de benefícios do INSS (aposentadorias, auxílios, pensão por morte, BPC – LOAS etc.).

Atualmente, ele é membro da Comissão de Direito Previdenciário.



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Homenagem

Notícias relacionadas