PIRACICABA, SÁBADO, 29 DE JANEIRO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

25 DE NOVEMBRO DE 2021

Abertura de exposição marca início dos '16 Dias de Ativismo' na Câmara


"Uma carta para você" reúne 26 mensagens escritas à mão por mulheres, com desabafos sobre formas de violência que sofreram ou manifestações sobre o futuro que desejam.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (1 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Exposição "Uma carta para você" traz 26 mensagens escritas por mulheres

Exposição "Uma carta para você" traz 26 mensagens escritas por mulheres
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (2 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (3 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (4 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (5 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (6 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (7 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (8 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (9 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (10 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (11 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (12 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (13 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (14 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (15 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (16 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (17 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (18 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (19 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (20 de 20) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 Salvar imagem em alta resolução

Exposição "Uma carta para você" traz 26 mensagens escritas por mulheres



"Eu não quero mais ser agredida. Quero ser respeitada como ser humano, principalmente como mulher. Chega de abuso e maus-tratos, quero viver e ser feliz." O desabafo anônimo, mas com o recado de "Amo a vida e meus filhos" assinado no rodapé da página, é uma das 26 mensagens que compõem a exposição "Uma carta para você", aberta na tarde desta quinta-feira (25), na Câmara Municipal de Piracicaba.

Com manifestações sobre as formas de violência que sofreram ou acerca do futuro que desejam viver, usuárias dos serviços de acolhimento do Cram (Centro de Referência de Atendimento à Mulher) são as protagonistas da mostra, que dá início à programação dos "16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres", uma realização da Câmara com o apoio do Cram, do Conselho Municipal da Mulher, da Prefeitura e do Sesc.

Anfitriãs na abertura da exposição, instalada no hall do plenário da Casa de Leis, as vereadoras Silvia Morales (PV), do mandato coletivo A Cidade É Sua, e Rai de Almeida (PT) relataram a emoção de terem contato com as histórias escritas pelas mulheres atendidas pelo Cram e reforçaram a necessidade de combater a violência de gênero.

Diante de profissionais do Cram e representantes de órgãos ligados à defesa dos direitos das mulheres que prestigiaram o evento na Câmara, Silvia disse que os "16 Dias" vêm para mostrar a importância de "estarmos resistentes". Ela lembrou a atuação do Legislativo na temática, citando como exemplo a Procuradoria Especial da Mulher, criada na legislatura passada, quando a hoje parlamentar era assessora da ex-vereadora Nancy Thame.

Silvia enalteceu o trabalho do Cram em estar ao lado de vítimas da violência. "Lidar com o acolhimento e acompanhamento dessas mulheres não é fácil." A vereadora reforçou o convite para o público conferir a exposição. "Li algumas cartas e confesso que me emocionei. São palavras, são dizeres muito sinceros e fortes."

Rai defendeu o fim da violência que as mulheres sofrem "todos os dias, em casa, nas ruas, dentro deste espaço legislativo". "Falar do fim da violência é um sonho, mas esperançamos em chegar a esse dia, de a mulher viver em sua plenitude, sem precisar ser violada no seu dia a dia."

"Quando as mulheres fazem um trabalho dessa natureza, elas também estão se curando, falo isso porque participei do Cram em 2001: põem para fora aquela dor, aquele sofrimento", disse Rai, sobre as cartas que compõem a exposição.

Lia Mara de Oliveira, presidente do Conselho Municipal da Mulher, lembrou feminicídios de pessoas pretas nos últimos meses, citando os nomes das vítimas e as datas em que os crimes ocorreram. "Nós conseguimos sobreviver até hoje", afirmou, referindo-se a si e a outras mulheres pretas presentes no evento.

Para Fabiana Menegon, coordenadora do Cram, a exposição "dá visibilidade e voz às mulheres". "Nosso trabalho é trazer à tona essas conexões entre as mulheres, para que elas consigam romper o ciclo de violência. A violência permeia vários espaços, infelizmente. Quando falamos de violência, muitas vezes pode vir à nossa mente a física, visual, mas a violência psicológica, apesar de não ter marcas aparentes, é tão doída e deixa tantas cicatrizes quanto as outras."

 

PROGRAMAÇÃO DOS "16 DIAS DE ATIVISMO PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES"

 

25/11, QUINTA
16h
Abertura da Exposição "Uma carta para você", do CRAM (Centro de Referência de Assistência à Mulher)
Hall do plenário Francisco Antonio Coelho

26/11, SEXTA
14h
Solenidade de Abertura Oficial
Salão nobre Helly de Campos Melges

15h
Mesa-redonda "Políticas públicas de atendimento e proteção às mulheres no Município de Piracicaba"
Sala de reuniões Walter F. da Silva – 2º andar

27/11, SÁBADO
15h
Entrega das moções de aplausos 220/2021, ao Colégio CLQ, pela campanha Absorvendo o Tabu, e 221/2021, à Sociedade Metodista de Mulheres, pela campanha Dignidade Íntima
Catedral Metodista (entrada pela rua Dom Pedro I, 938)

30/11, TERÇA
14h
Reunião pública sobre o projeto de lei 83/2021, dos vereadores Gustavo Pompeo e Anilton Rissatto, que trata da distribuição gratuita de absorventes
Plenário Francisco Antonio Coelho

1/12, QUARTA
14h
Bate-papo "Violência: adoece as mulheres?"
Sala de reuniões Walter F. da Silva – 2º andar

3/12, SEXTA
15h
Encontro com lideranças dos partidos políticos para discutir a violência política contra a mulher
Sala de reuniões Walter F. da Silva – 2º andar

6/12, SEGUNDA
14h
Roda de conversa masculina "O papel do homem no enfrentamento à violência contra a mulher"
Sala de reuniões Walter F. da Silva – 2º andar

7/12, TERÇA
17h
Roda de conversa masculina "O papel do homem no enfrentamento à violência contra a mulher"
On-line (no canal do YouTube do Sesc Piracicaba)

10/12, SEXTA
19h30
Entrega do prêmio "Madre Tereza de Calcutá de Direitos Humanos"
Salão nobre Helly de Campos Melges

 


Texto:  Ricardo Vasques - MTB 49.918
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Mulher Rai de Almeida Silvia Maria Morales

Notícias relacionadas