PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 9 DE AGOSTO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

03 DE JUNHO DE 2022

"A água em Piracicaba poderia ser 30% mais barata", diz vereador


Afirmação foi feita por Gustavo Pompeo em entrevista ao Programa Primeiro Tempo desta quinta-feira (2), quando falava sobre o relatório final da CPI do Semae



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (1 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Gustavo Pompeo em entrevista ao programa Primeiro Tempo, exibido ao vivo antes da reunião ordinária desta quinta-feira (2)

Gustavo Pompeo em entrevista ao programa Primeiro Tempo, exibido ao vivo antes da reunião ordinária desta quinta-feira (2)
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (2 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Gustavo Pompeo em entrevista ao programa Primeiro Tempo, exibido ao vivo antes da reunião ordinária desta quinta-feira (2)

Gustavo Pompeo em entrevista ao programa Primeiro Tempo, exibido ao vivo antes da reunião ordinária desta quinta-feira (2)
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (3 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Gustavo Pompeo em entrevista ao programa Primeiro Tempo, exibido ao vivo antes da reunião ordinária desta quinta-feira (2)

Gustavo Pompeo em entrevista ao programa Primeiro Tempo, exibido ao vivo antes da reunião ordinária desta quinta-feira (2)
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (4 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Gustavo Pompeo em entrevista ao programa Primeiro Tempo, exibido ao vivo antes da reunião ordinária desta quinta-feira (2)

Gustavo Pompeo em entrevista ao programa Primeiro Tempo, exibido ao vivo antes da reunião ordinária desta quinta-feira (2)
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (5 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Gustavo Pompeo em entrevista ao programa Primeiro Tempo, exibido ao vivo antes da reunião ordinária desta quinta-feira (2)

Gustavo Pompeo em entrevista ao programa Primeiro Tempo, exibido ao vivo antes da reunião ordinária desta quinta-feira (2)
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (6 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Gustavo Pompeo em entrevista ao programa Primeiro Tempo, exibido ao vivo antes da reunião ordinária desta quinta-feira (2)

Gustavo Pompeo em entrevista ao programa Primeiro Tempo, exibido ao vivo antes da reunião ordinária desta quinta-feira (2)
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 Salvar imagem em alta resolução

Gustavo Pompeo em entrevista ao programa Primeiro Tempo, exibido ao vivo antes da reunião ordinária desta quinta-feira (2)






Em entrevista ao programa Primeiro Tempo, na noite desta quinta-feira (2), o vereador Gustavo Pompeo falou sobre a recente conclusão do relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que analisou possíveis irregularidades no tratamento de água e esgoto da cidade.

"É uma honra para mim poder falar sobre a CPI do Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto), como autor do requerimento que originou a Comissão, para ver se de fato existiam essas irregularidades, se elas eram sólidas mesmo, ou se eram só falácias. E a gente conseguiu, com o relatório, entender que tem muita coisa irregular, tanto no Semae quanto nos contratos que o Semae tem hoje", lembrou o parlamentar. 

Sobre a parceria público-privada firmada para o tratamento de esgoto em Piracicaba, bem como os demais contratos da autarquia, Pompeo disse: "pelos cálculos que a gente faz e vê o que a CPI aponta, se o contrato do Semae com a PPP, e todos os contratos que o Semae tem, se fosse executado de forma séria, a água em Piracicaba poderia ser 30% mais barata para o consumidor".

Ainda segundo o vereador, a perda de água tratada em Piracicaba é bastante grande, na ordem de 46%: "como pode ter esse desfalque de quase metade da água produzida ser desperdiçada? Tem um custo para tratar a água, ela não cai do céu e vai para a torneira. Tem a captação de água, depende de produtos químicos, depende de energia, e é uma pena quando a gente perde essa água para o ralo", acrescentou.

Em relação à reunião para apresentação e divulgação do relatório final da Comissão, o parlamentar disse lamentar o fato dela não ter sido transmitida ao vivo, em que pese a disponibilização do relatório final no site da Câmara: "a única coisa que me deixou a desejar foi isso. Eu achava que a população piracicabana tinha que ter direito de assistir, acompanhar ao vivo, e que fosse gravado pelos meios oficiais da Câmara. Hoje, o relatório final está disponível no site da Câmara. Só esse é o meu lamento".

Faixa especial para motocicletas - Ainda durante a entrevista, Gustavo Pompeo comentou sobre a recente instalação de faixas especiais de recuo para motocicletas em dois semáforos da cidade (ponte do Mirante e Avenida Armando de Salles Oliveira), e que buscam permitir uma maior separação dos demais veículos: "esse recuo possibilita que não tenha aquele atrito, aquele possível estresse na hora de sair do semáforo. A faixa não significa que o motoqueiro tem prioridade para sair no sinal vermelho nem nada desse tipo, é só uma faixa de espera para não haver atrito com os carros. O que a gente quer é que o trânsito seja seguro para todos", afirmou o vereador, que também é motociclista e coordena o Fórum Permanente de Educação para o Trânsito da Câmara

Coleta de Lixo - O parlamentar, por fim, comentou sobre o requerimento 422/2022, de sua autoria, protocolado na sessão camarária da última segunda-feira (30), e que busca informações junto à secretaria municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) sobre a parceria público-privada (PPP) destinada à coleta e gestão do lixo na cidade: "há uma PPP de quase dez anos aqui na cidade, e o meu requerimento, basicamente, questiona se nesse período já houve alguma fiscalização, alguma punição ou multa".

A entrevista completa do vereador Gustavo Pompeo pode ser assistida no vídeo localizado na parte superior desta página. 



Texto:  Fabio de Lima Alvarez - MTB 88.212
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Legislativo Gustavo Pompeo

Notícias relacionadas