PIRACICABA, DOMINGO, 19 DE NOVEMBRO DE 2017 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

29 DE AGOSTO DE 2017

Piracicaba poderá receber 10 milhões de reais de verbas para o SUS


O vereador Gilmar Rotta foi a Brasília reforçar o pedido junto ao Governo Federal para fortalecer os hospitais locais.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Piracicaba poderá receber 10 milhões de reais de verbas para o SUS




O chefe de gabinete da presidência da República, Arlon Viana já está com o pedido de Piracicaba, para verificar o pedido de aumento do teto hospitalar (SUS) para mais R$ 10 milhões. A notícia foi divulgada ontem (28) pelo vereador Gilmar Rotta (PMDB) ao ocupar a tribuna da Câmara, por 10 minutos, para apresentar relatório de atividades e informar sobre as tratativas junto às instâncias de seu partido em Brasília.

Gilmar Rotta comentou sobre visita ao bairro Jardim Paraíso, em reunião no mês de agosto, com a presença do prefeito Barjas Negri (PSDB), do presidente do Semae, José Rubens Françoso e de algumas lideranças de bairro, para verificar problemas de alagamentos. Também incluiu na rota destas autoridades, visita à comunidade do Pantanal, que ainda contou com a presença do presidente da Emdhap (Empresa Municipal de Desenvolvimento Habitacional de Piracicaba), João Manoel dos Santos, num trabalho de reurbanização.

Com os moradores da região de Anhumas, o vereador Gilmar Rotta também destacou a presença do presidente do Semae, José Rubens e de lideranças comunitárias, no encaminhamento de problemas de falta de água e esgoto, além de comentar sobre o papel da Guarda Civil Municipal, na pessoa da comandante Lucineide Corrêa, em demandas de segurança do bairro.

Rotta encerrou suas considerações abordando sobre aspectos de reunião, na última sexta-feira, quando esteve em São Paulo, no gabinete do presidente da República, na avenida Paulista, quando se encontrou com o chefe de gabinete de Michael Temer, Arlon Viana, em empreitada que iniciou desde o mês de janeiro, na busca de reforços para aumentar o teto do SUS nos hospitais de Piracicaba, para procedimentos de média e alta complexidade.

Gilmar também citou reunião que teve com o secretário Executivo da Saúde, Rogério Abdala, em Brasília, em companhia do secretário municipal de Saúde, Pedro de Mello, que resultou no pedido de R$ 10 milhões para o SUS, lembrando que o documento aguarda apenas a assinatura do ministro da Saúde e publicação no Diário Oficial da União.

Gilmar ainda informou que levou ao conhecimento do secretário Executivo, por intermédio de publicações nos jornais locais, a fala do provedor da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba, João Orlando Pavão, dando conta que a Santa Casa não tem mais condições da atender o SUS por falta de recursos financeiros.

Gilmar também reafirmou o compromisso do secretário em levar a demanda regional ao conhecimento do presidente da República, além de destacar o fato do secretário ser do PMDB, do mesmo partido que o seu. Gilmar ainda informou que o prefeito Barjas Negri fará gestões a Brasília para rever esta verba. O parlamentar também pediu apoio dos colegas para esforços junto a deputados e senadores, na briga para aumentar o teto. "Se não conseguirmos aumentar este teto em pelo menos 10 milhões de reais por ano as coisas ficarão bem difíceis", disse.



Texto:  Martim Vieira - MTB 21.939
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: LegislativoGilmar Rotta

Notícias relacionadas