PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 27 DE JANEIRO DE 2023
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

29 DE NOVEMBRO DE 2022

Vereador pede "liberdade" para fiscalizar UPAs


Vereador Paulo Campos ocupou a Tribuna nesta segunda-feira (28), na 62ª reunião ordinária



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Gustavo Annunciato - MTB 58.557 Salvar imagem em alta resolução

Vereador paulo Campos (Podemos) na 62ª reunião ordinária






O vereador Paulo Campos (Podemos) utilizou o tempo de 10 minutos regimentais na Tribuna, na noite desta segunda-feira (28), durante a 62ª reunião ordinária, para esclarecer alguns fatos sobre o impedimento de fiscalização às Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O parlamentar argumentou que está sendo impedido de exercer sua função de fiscalizar,  sendo essa uma prerrogativa peculiar do cargo.  Em sua defesa, Paulo Campos disse que há uma liminar contra ele e o vereador Cássio Luiz Barbosa, o "Cássio Fala Pira" (PL), que também pediu uma parte da palavra em defesa. "Se não pudermos cumprir nosso papel, para quê vereador na cidade, se não pode fiscalizar?", questionou Cássio Luiz.

À PARTE - O vereador Josef Borges (Solidariedade) discorda do fato de expor pacientes das UPAs, durante a fiscalização de um parlamentar. Mas ele argumentou que "pedir o contrato é um direito legal a fazer". Paulo Campos concluiu a fala de Josef Borges, afirmando "ser preocupante cercear o direito de fiscalizar".

A vereadora Rai de Almeida (PT) falou sobre a forma "desrespeitosa" e constrangedora que alguns secretários têm demonstrado sobre a questão de vereadores levantarem os problemas do Poder Executivo. 

Assista na íntegra a fala dos vereadores, clicando no vídeo acima.



Texto:  Elisandra C. de Campos
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Imagens de TV:  TV Câmara


Legislativo Paulo Campos

Notícias relacionadas