PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 24 DE MAIO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

14 DE DEZEMBRO DE 2021

Vereador destaca moção que pede o não aumento das passagens de ônibus


Paulo Campos, em discurso na tribuna, pediu que não haja aumento do valor das passagens de ônibus na cidade. Ele também elogiou os projetos de Refis que entraram na Casa



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 Salvar imagem em alta resolução

Vereador Paulo Campos, em discurso na tribuna, defendeu o não aumento do valor das passagens de ônibus na cidade






O vereador Paulo Campos (Podemos), em discurso como liderança partidária na tribuna da Câmara Municipal de Piracicaba, na noite desta segunda-feira (13), pediu ao prefeito "sensibilidade" para que não reajuste o valor das passagens de ônibus na cidade. 

O parlamentar destacou a moção 280/2021, de sua autoria, que deu entrada durante a 52ª reunião ordinária da Câmara, e que solicita à Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Transito e Transportes (Semuttran), Jane Franco Oliveira, o não aumento da tarifa de ônibus na cidade: "saibam que entra aqui nesta noite uma moção, de minha autoria, para que não se reajuste o valor da passagem neste momento de pandemia, pois está todo mundo sofrendo. Isso é fato. E nós temos um dado muito importante, que 71% da nossa população utiliza o transporte público municipal. Então, acredito que esse excedente de 400 milhões seja importante fazer o subsídio num importe um pouco maior para tirar esse ônus do cidadão, que o prefeito tenha sensibilidade e não faça esse reajuste no momento de pandemia", disse ao se referir ao aumento da previsão de arrecadação do orçamento municipal para o ano que vem.

Paulo Campos também destacou em sua fala o protocolo na Câmara de dois projetos de lei de autoria do Executivo municipal e que propõem o refinanciamento de dívidas tributárias e não tributárias de munícipes junto à prefeitura e ao Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto), o chamado Refis: 

"Nós temos que ter a hombridade de reconhecer que não tivemos nenhum tipo de Refis, seja de IPTU, seja com relação ao Semae, desde 2014, na gestão do Gabriel Ferrato. E acredito que ele, na condição de vice, tenha orientado o atual prefeito, bem como essa Câmara tem também cobrado exaustivamente a vinda desses projetos para essa Casa de leis, e aí temos que ter a hombridade de reconhecer que é um projeto muito bom, que atende a população, sobretudo a população mais pobre neste momento de pandemia. E é muito importante que reconheçamos isso", concluiu.

O discurso completo do parlamentar pode ser acessado no canto superior esquerdo da tela, logo abaixo da foto de capa.



Texto:  Fabio de Lima Alvarez - MTB 88.212
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Legislativo Paulo Campos

Notícias relacionadas