PIRACICABA, DOMINGO, 26 DE JUNHO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

18 DE AGOSTO DE 2021

Reunião pede retomada do ensino noturno em escola de Ártemis


Vereador Josef Borges reuniu-se nesta terça-feira com a diretora da unidade de ensino, Luciana Christiano.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Assessoria parlamentar (1 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Há sete anos a escola não oferece salas de educação em período noturno

Há sete anos a escola não oferece salas de educação em período noturno
Foto: Assessoria parlamentar (2 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Há sete anos a escola não oferece salas de educação em período noturno

Há sete anos a escola não oferece salas de educação em período noturno
Foto: Assessoria parlamentar (3 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Há sete anos a escola não oferece salas de educação em período noturno

Há sete anos a escola não oferece salas de educação em período noturno
Foto: Assessoria parlamentar Salvar imagem em alta resolução

Há sete anos a escola não oferece salas de educação em período noturno



Para discutir a possível retomada dos estudos no período noturno na Escola Estadual "Professor José Martins de Toledo", localizada no distrito de Ártemis, o vereador Josef Borges (Solidariedade) reuniu-se nesta terça-feira (17) com a diretora da unidade de ensino, Luciana Christiano.

De acordo com a responsável pela escola, há atualmente uma lista com ao menos 75 estudantes dispostos a iniciar 2022 no ensino médio, cumprindo a carga horária em período noturno.

Mais de 30 pessoas participaram da reunião, a maioria pais de alunos dos bairros Ártemis, Piracicaba, Lago Azul e Paredão Vermelho. Atualmente, os estudantes que trabalham ou fazem cursos técnicos, como o Senai, e residem no distrito estão matriculados em escolas do Centro da cidade.

Desde 2020, o "Toledão", como é chamada a escola na comunidade, oferece ensino integral para alunos dos anos finais do ensino fundamental II e para os do ensino médio. "Há sete anos a escola não tem o período noturno. Agora, há muitos pedidos para esse retorno", informou a diretora.

O vereador ressaltou que essa demanda da comunidade será levada à Diretoria Regional de Ensino e também à Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. "Pelo interesse demonstrado na reunião e a lista assinada pelos pais e alunos, vamos reivindicar às autoridades competentes para que possamos contar com esse benefício", comentou Josef Borges.

De acordo com ele, seria possível começar o ano com três salas do ensino médio à noite e ainda com o curso de Educação de Jovens e Adultos (EJA). "A volta do antigo supletivo é importante para atender àqueles que, por falta do período noturno, até pararam de estudar e outros adultos que por diversos motivos não concluíram os estudos e querem retornar", afirmou.

Os pais se manifestaram com dúvidas sobre o transporte escolar, principalmente para quatro alunos que residem no Paredão Vermelho (área rural do distrito), e também sobre a segurança e a merenda. "Temos apoio da Polícia Militar na escola e a merenda será servida normalmente. O transporte vamos ter de verificar com a Prefeitura", disse Luciana. "Também estou solicitando ao prefeito a instalação de uma base da Guarda Civil em Ártemis", completou Josef Borges.



Texto:  Assessoria parlamentar Pedro Paulo Martins
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Revisão:  Ricardo Vasques - MTB 49.918


Educação Josef Borges

Notícias relacionadas