PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 24 DE SETEMBRO DE 2021
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

08 DE JUNHO DE 2021

Requerimento cobra informações de canais de denúncias de aglomeração


Autoria é do vereador Paulo Camolesi (PDT) e foi aprovado nesta segunda-feira (7)



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Propositura foi aprovada nesta segunda-feira






De autoria do vereador Paulo Camolesi (PDT), foi aprovado o requerimento 592/21, segunda-feira (7), durante a 16ª reunião ordinária, que solicita ao Executivo informações sobre os canais de denúncias de aglomerações.

No texto, o parlamentar destaca que o município continua necessitando dos protocolos sanitários e de distanciamento social para coibir o número de infecções pela covid-19. E que, somente com esses protocolos sendo seguidos à risca e com o avanço da vacinação, será possível manter fases menos restritivas de circulação evitando novos fechamentos de atividades.

Ainda de acordo com a propositura, Camolesi reforça que uma das principais formas de prevenção e das mais eficazes é evitar aglomerações, pois a transmissão ocorre de pessoa para pessoa, pelo ar ou por contato pessoal através de secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

O vereador informa ainda que, em 29 de maio e 5 de junho, pessoas ligadas ao mandato, entraram em contato no telefone da Guarda Civil, e do Pelotão Ambiental e tiveram dificuldades a serem atendidas, e no primeiro contato, obtiveram como resposta que não havia a possibilidade de ir até o local, uma vez que, segundo o atendente, as únicas viaturas para essa força tarefa já estavam em outro evento, e que não havia mais para atendimento.

Em apoio ao requerimento, o vereador Fabrício Polezi (Patriotas), ressaltou a importância da fiscalização. “No tocante de aglomeração de festas clandestinas, eu sou totalmente favorável. Mas para abrir um canal para denunciar dono de bar, quase que fechando o estabelecimento, aí, opa, pera lá, vamos punir as pessoas certas, neste tocante”, enfatizou.

A Prefeitura disponibiliza atualmente como vias de denúncias anônimas, de acordo com seus canais oficiais de ampla divulgação (sites e redes sociais), os telefones: 153 (Guarda Civil), 156 (Prefeitura) “no qual é necessário registro de dados, ou seja, não é um canal anônimo”. No mais, em 27/05 – em resposta ao requerimento 457/2021 da Vereadora Ana Pavão, estão além destes, os telefones: 199 (Defesa Civil) e 3426-1966 (Pelotão Ambiental).

Pelo requerimento, o vereador busca saber quais os canais oficiais, disponíveis para denúncia e o horário para esses atendimentos; quais são os setores e áreas que fazem atualmente parte da força tarefa e quantas equipes da Guarda Civil Municipal estão em plantão para receber essas denúncias.

Paulo Camolesi também questiona se existe um balanço dos atendimentos já efetuados no primeiro semestre deste ano; que outras ações tem sido efetuadas pelo poder público para coibir o crescimento de aglomerações clandestinas e também se existe algum serviço de inteligência monitorando eventos irregulares.



Texto:  Pedro Paulo Martins
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Revisão:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Imagens de TV:  TV Câmara


Legislativo Paulo Camolesi

Notícias relacionadas