PIRACICABA, DOMINGO, 24 DE JANEIRO DE 2021
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

12 DE JANEIRO DE 2021

Quatro mil famílias estão sem médico na USF do Jardim Itapuã II


Constatação foi feita pelo vereador Pedro Kawai em visita a unidades de saúde.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Assessoria parlamentar (1 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Pedro Kawai fiscalizou o funcionamento das unidades de saúde

Pedro Kawai fiscalizou o funcionamento das unidades de saúde
Foto: Assessoria parlamentar (2 de 3) Salvar imagem em alta resolução

USF do Jardim Itapuã II: aviso foi colocado na entrada da unidade

USF do Jardim Itapuã II: aviso foi colocado na entrada da unidade
Foto: Assessoria parlamentar (3 de 3) Salvar imagem em alta resolução

USF do Jardim Itapuã I: inaugurada em maio de 2020, unidade já foi alvo de vandalismo

USF do Jardim Itapuã I: inaugurada em maio de 2020, unidade já foi alvo de vandalismo
Foto: Assessoria parlamentar Salvar imagem em alta resolução

USF do Jardim Itapuã II: aviso foi colocado na entrada da unidade



Em visita na manhã desta terça-feira (12) às duas unidades de saúde do Jardim Itapuã, o vereador Pedro Kawai (PSDB) constatou problemas em ambas.

Na USF I, localizada na rua Garça, 495, vândalos derrubaram a grade que cerca a unidade e picharam parte do prédio. Na outra, situada na rua Cafelândia, 88, o médico demitiu-se e, desde o último dia 4, cerca de 4 mil famílias estão sem poder agendar consultas.

"Compreendemos que o novo governo ainda está conhecendo a dinâmica da máquina pública, mas as demandas da saúde devem ser prioridade", observou o parlamentar.

Ao ouvir os pacientes que aguardavam atendimento de enfermaria, Kawai disse que encaminhará, em caráter de urgência, ofício ao secretário municipal de Saúde, Filemon Silvano, relatando a situação para que o problema "seja resolvido o quanto antes". Ele lembrou que o médico é a "figura principal" de uma equipe de saúde e que "a falta desse profissional compromete muito o funcionamento da unidade".

Outros serviços, como vacinação e curativos, continuam sendo realizados, mas por uma única enfermeira, já que a outra está em férias. "Quem tem dor tem pressa", destacou o vereador, que espera providências imediatas da Prefeitura, para que as famílias da localidade "voltem a ser atendidas como antes".



Texto:  Assessoria parlamentar
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Saúde Pedro Kawai

Notícias relacionadas