PIRACICABA, SÁBADO, 24 DE SETEMBRO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

29 DE NOVEMBRO DE 2016

Paiva pergunta por que governo estadual não custeou Hospital Regional


Vereador compara construção da unidade em Piracicaba ao Hospital Regional de Caraguatatuba, que terá recursos do Estado.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Requerimento de Paiva foi aprovado na reunião ordinária desta segunda-feira



O vereador José Antonio Fernandes Paiva (PT) quer saber por que o governo estadual, ao contrário do que está fazendo com o Hospital Regional de Caraguatatuba (SP), não assumiu os custos e as responsabilidades das obras do Hospital Regional de Piracicaba. Essa é uma das perguntas que o vereador faz no requerimento 892/2016, aprovado com urgência na 71ª reunião ordinária, nesta segunda-feira (28).

Em julho, a gestão Geraldo Alckmin (PSDB) deu início, na cidade litorânea, à construção da unidade, com previsão de conclusão em 2018 e orçamento de R$ 250 milhões (dos quais 70% virão de empréstimo firmado com o Banco Internacional de Investimento e 30%, do Tesouro do Estado).

Paiva lembra que o prefeito de Caraguatatuba é Antonio Carlos da Silva (PSDB), "do mesmo partido de Alckmin, assim como até pouco tempo era o atual prefeito de Piracicaba". O vereador recorda os atrasos que a construção do Hospital Regional teve na cidade desde a apresentação do projeto, em 2009, e o aumento dos valores gastos na obra: dos R$ 45 milhões inicialmente previstos para mais de R$ 100 milhões.

"Após seis anos do seu anúncio, as obras do Hospital Regional foram concluídas este ano, faltando para a sua abertura a instalação de equipamentos por parte do governo do Estado, bem como a definição da entidade que administrará a unidade", ressalta Paiva, que, no requerimento, questiona os motivos para a gestão Alckmin ainda não ter decidido sobre isso.

Paiva pergunta, ainda, se há previsão para que o Hospital Regional de Piracicaba seja equipado e se o governo estadual destinará recursos para esse fim (e, se sim, qual será o valor investido). O vereador indaga também quantas cidades serão atendidas pelo hospital e quais especialidades serão oferecidas por ele.



Texto:  Ricardo Vasques - MTB 49.918


Legislativo José Paiva

Notícias relacionadas