PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 28 DE JUNHO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

27 DE MAIO DE 2022

Orador apela por vontade política para regularização de loteamentos


Para orador da Tribuna Popular, Rui Cassavia Filho, município deve possuir política habitacional e plano diretor



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (1 de 2) Salvar imagem em alta resolução

Munícipe Rui Cassavia Filho aguarda desde 2016 a regularização de loteamentos

Munícipe Rui Cassavia Filho aguarda desde 2016 a regularização de loteamentos
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (2 de 2) Salvar imagem em alta resolução

Munícipe Rui Cassavia Filho aguarda desde 2016 a regularização de loteamentos

Munícipe Rui Cassavia Filho aguarda desde 2016 a regularização de loteamentos
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 Salvar imagem em alta resolução

Munícipe Rui Cassavia Filho aguarda desde 2016 a regularização de loteamentos






A Tribuna Popular, na 21ª reunião ordinária da Câmara Municipal de Piracicaba, nesta quinta-feira (26), foi ocupada pelo orador Rui Cassavia Filho. Ele atua na área de empreendimentos imobiliários no município e abordou o tema Regularização fundiária urbana específica – Ocupação territorial e suas consequências. Para o orador, é necessário vontade política para resolver o imbróglio da regularização de loteamentos na cidade, problema que se arrasta há vários anos.

O orador disse que aguarda desde 2016 a análise de processos que encaminhou para a Prefeitura. Ele destacou que, com uma imensa zona rural, a cidade cresceu fora do perímetro urbano em virtude dos elevados preços dos imóveis, o que acarretou a existência de inúmeros núcleos habitacionais não regulamentados. Segundo Cassavia, cerca de 50 mil habitantes vivem atualmente em bairros irregulares em Piracicaba. Ele salientou a necessidade de o poder público investir em uma política habitacional e em um plano diretor para resolver a situação.

Em aparte, o vereador Laércio Trevisan Jr (PL) defendeu que há um projeto de lei sobre o tema em tramitação e que também será realizada uma audiência pública para discutir a problemática. A vereadora Sílvia Morales, do mandato coletivo A cidade é sua (PV), disse que trata-se de uma questão administrativa e que é necessário vontade política para resolver.

O líder do governo, vereador Josef Borges (Solidariedade) colocou que a Prefeitura tem feito a entrega de documentos de regularização de imóveis e que a Emdhap (Empresa Municipal de Desenvolvimento Habitacional de Piracicaba) possui uma programação de regularizações a serem executadas. Além disso, garantiu que a política habitacional está em andamento e que recentemente foram anunciadas 750 novas moradias.

Já a vereadora Rai de Almeida (PT) apontou que o atual governo não possui plano habitacional e que as regularizações entregues agora não foram iniciadas nesta gestão. Para o vereador Zezinho Pereira (União Brasil), a Prefeitura deveria ter fiscalizado antes a expansão desses loteamentos e agora tem a obrigação de regularizar. O vereador Pedro Kawai (PSDB) também desafiou o governo a apresentar as ações que foram executadas na área da habitação.

O discursos do munícipe e a discussão sobre o tema promovida pelos vereadores podem ser conferidos na íntegra no vídeo acima.



Texto:  Aline Macário - MTB - 39.904
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Imagens de TV:  TV Câmara


Tribuna Popular Laércio Trevisan Jr Pedro Kawai Zezinho Pereira Josef Borges Rai de Almeida Silvia Maria Morales

Notícias relacionadas