PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 10 DE AGOSTO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

06 DE MARÇO DE 2020

Lei sobre retirada de fios "veio em momento certo", avalia Abdala


Vereador usou a tribuna na noite desta quinta-feira (5), na 9ª reunião ordinária



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Vereador apontou locais na cidade que precisam da intervenção do Executivo






Regulamentada desde 10 de janeiro, a lei 9268/2019, que obrigada o alinhamento e retirada de fios, cabos e equipamentos excedentes, fixados em postes de energia elétrica, foi assunto retratado pelo autor, vereador Marcos Abdala (REP), na noite desta quinta-feira (5), na 9ª reunião ordinária.

O parlamentar mostrou, por meio de fotos, regiões da cidade em que ainda não foi feita a manutenção dos fios, como Vila Rezende, Centro e Jaraguá.

“Nós sabemos que, talvez, não sejam fios eletrizados, mas, talvez, crianças e pessoas desinformadas possam um dia pegar em um fio desses e sofrerem um acidente gravíssimo e virem até a morrer. Essa lei veio no momento certo para nos ajudar", destacou Abdala.

O parlamentar pediu que as pessoas continuem fazendo denúncias, por meio do telefone 156 (prefeitura), informando as ruas com problemas, e para que o Legislativo possa cobrar da CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz) uma solução para isso.

MOÇÃO APROVADA – Abdala também falou, na tribuna, sobre o desenvolvimento da campanha “Água de Beber”, nas unidades do Sesc no estado de São Paulo, que motivou a elaboração da moção de aplausos 34/2020 ao Sesc Piracicaba, aprovada na noite de ontem (5).

Com a iniciativa, a instituição deixa de vender água engarrafada sem gás e amplia a oferta de água filtrada e gratuita nas comedorias e estruturas de apoio às atividades desenvolvidas.

“Nós fizemos aqui nessa Casa a lei que proíbe o uso dos canudos plásticos. Muitas pessoas acham que a lei é sem necessidade. Mas, assim como o Sesc está fazendo a parte dele, nós também estamos. É uma tendência diminuir o plástico. Cada um de nós que formos ao supermercado ou padaria e trazer só a mercadoria já auxilia muito”, disse, ao recomendar a redução de consumo de sacolas plásticas.

O vereador também enalteceu a iniciativa da Câmara na diminuição do uso de copos plásticos, desde a implantação do Câmara Sustentável. O presidente Gilmar Rotta (MDB) aproveitou a ocasião para informar que a Casa consumia de 75 a 77 mil copos plásticos por mês e que diminuiu para de 4.500 a 5.000 por mês.

ABANDONO – O vereador também falou sobre o requerimento de sua autoria (93/2020), que pede informações do Executivo sobre terrenos e construções abandonadas em Piracicaba. “Quem é vizinho e passa perto de um imóvel abandonado sabe da insegurança e do perigo”, relatou.

Abdala mostrou, por meio de fotos, alguns locais que possuem os imóveis abandonados, como Nova Piracicaba e Jaraguá (avenida Presidente Vargas). “Nesse local é nítido o abandono pelo corte das árvores. Você que gosta de ser proprietário de terreno: cuide!”, alertou.

No mesmo bairro, o parlamentar mostrou um local abandonado, invadido por pessoas que deixam os lixos jogados na calçada. O mesmo acontece no Jardim Vitória e no bairro Nossa Senhora Aparecida.



Texto:  Ana Caroline Lopes
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Imagens de TV:  TV Câmara


Legislativo Marcos Abdala

Notícias relacionadas