PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 20 DE MAIO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

21 DE JANEIRO DE 2022

Lago Azul e Artemis: reunião trata de áreas para agricultura urbana


Vereador Josef Borges reuniu-se com a secretária Nancy Thame para tratar de apoio aos agricultores dos distritos.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Assessoria parlamentar Salvar imagem em alta resolução


O programa de incentivo à agricultura urbana da Sema (Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento) poderá ser aplicado no distrito de Artemis, mais precisamente em áreas do bairro Lago Azul e Artemis. O vereador Josef Borges (Solidariedade) conversou com a secretária Nancy Thame, nesta quinta-feira (20), sobre essa possibilidade, que poderá contribuir para a geração de emprego e renda no distrito, além de ampliar o cuidado de alguns terrenos atualmente ocupados pelo mato e que trazem transtornos aos vizinhos com a proliferação de bichos peçonhentos.

"Para ter mais hortas urbanas no distrito e estimular pessoas que queiram ter renda com esse trabalho, é possível usar terrenos particulares, porque o proprietário tem desconto no valor do IPTU ao permitir o uso da terra para o cultivo de hortaliças e leguminosas. A Sema pode ajudar com o projeto para o plantio e com orientação jurídica", afirmou Josef Borges.

Nos próximos dias, a secretária e o vereador visitarão algumas áreas ociosas no distrito que podem ser cultivadas. "A ideia também é visitar produtores que já fazem um excelente trabalho e escoam a produção para os consumidores do próprio distrito", disse o parlamentar. "O aumento da produção desses alimentos no distrito pode contribuir para aumentar o fornecimento de hortaliças em toda a cidade, que é uma das propostas da Sema", comentou o vereador.

VAREJÕES - Na reunião, Josef Borges também comentou sobre as feiras de artesanato que estão surgindo na cidade, conforme a lei 9.679/2021, que será regulamentada pelo prefeito Luciano Almeida (DEM) após ele ter sancionado projeto de lei do vereador aprovado pela Câmara. O decreto que vai regulamentar essa legislação já está sendo elaborado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo e vai beneficiar os artesãos do município, principalmente os dos bairros mais afastados do Centro.

A proposta de Josef Borges é de que os artesãos se reúnam e possam ocupar espaços públicos com feiras de artesanato, promovendo a economia local e a geração de renda nas comunidades. Entre esses espaços públicos estão os varejões, que poderão ser utilizados mediante parceria entre as secretarias, as coordenações das feiras e as associações de moradores, conforme explicou Nancy Thame.



Texto:  Assessoria parlamentar
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Zona Rural Meio Ambiente Josef Borges

Notícias relacionadas