PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 14 DE JUNHO DE 2021
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

30 DE ABRIL DE 2021

Exposição de servidores públicos à covid gera questionamentos


Preocupação foi salientada pelo vereador Paulo Camolesi (PDT) em dois requerimentos aprovados nesta quinta-feira (29).



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 Salvar imagem em alta resolução





A exposição de servidores públicos que atuam na linha de frente de combate à covid19 gerou questionamentos apresentados pelo vereador Paulo Camolesi (PDT) em dois requerimentos aprovados durante a 11a reunião extraordinária da Câmara Municipal de Piracicaba, nesta quinta-feira (29).

No requerimento 420/2021, o parlamentar recorda que “muitos servidores” estão sendo afetados pela contaminação da pandemia, “sendo que muitos deles atuam na linha de frente do combate à covid19”, destaca. 

Camolesi quer detalhes sobre quantos servidores foram contaminados desde o início da pandemia, quando ficaram com sequelas, mesmo após a recuperação da doença e quanto hoje ainda continuam afastados de suas funções. 

A propositura elenca outras perguntas, solicitando números de substituições, impacto nos vencimentos dos servidores, qual o montante de perdas em caso de afastamento por covid19, quais os tipos mais comuns de prejuízo financeiro sofrido pelos servidores e quantos fazem parte de grupo de risco. 

No requerimento 421/2021, Paulo Camolesi solicita informações sobre os serviços de ambulâncias do SITSS (Sistema Integrado de Transportes da Secretaria de Saúde), em que recorda que, mesmo antes do início da pandemia, já havia a necessidade de contratação de novos motoristas. 

O vereador solicita detalhamento sobre quantidade de motoristas que trabalham no SITSS, qual a carga horária, valor base de pagamento, assim como qual a média de horas-extras e adicionais legais não-pagos, o quantos funcionários exercem a atividade de condução de pacientes da covid19 e quanto recebem adicionais de insalubridade. 

Camolesi também solicita informações sobre o tamanho da frota do SITSS, com detalhamento sobre quantidade, ano e modelo de cada veículo, assim como quantos veículos são utilizados para transportes fora da cidade e quantos estão no atendimento para movimentos dentro do Município. 

“Nós apresentamos dois requerimentos para entender como está o andamento dos trabalhos de combate à covid, inclusive, um deles busca informação sobre os servidores acometidos pela doença”, enfatizou Camolesi, ao discutir as proposituras durante a reunião extraordinária desta quinta-feira (29).



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Legislativo Paulo Camolesi

Notícias relacionadas