PIRACICABA, SÁBADO, 29 DE JANEIRO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

06 DE MAIO DE 2014

Exposição "Conhecendo Almeida Junior"


Período: 06/05 a 30/05



EM PIRACICABA (SP)  

Apóstolo São Paulo (sem data) | Óleo sobre tela, 97 x 77 cm | Igreja Nossa Senhora Candelária, Itu (SP)

Apóstolo São Paulo (sem data) | Óleo sobre tela, 97 x 77 cm | Igreja Nossa Senhora Candelária, Itu (SP)

Garoto com Banana (1897) | Óleo sobre tela, 59 x 44 cm | Coleção Particular

Garoto com Banana (1897) | Óleo sobre tela, 59 x 44 cm | Coleção Particular

Monge Capuchinho (1874) | Óleo, papelão sobre madeira, 58 x 47 cm | Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP)

Monge Capuchinho (1874) | Óleo, papelão sobre madeira, 58 x 47 cm | Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP)

Derrubador Brasileiro (1879) | Óleo sobre tela, 227 x 182 cm | Museu Nacional de Belas Artes | IPHAN | MinC | RJ

Derrubador Brasileiro (1879) | Óleo sobre tela, 227 x 182 cm | Museu Nacional de Belas Artes | IPHAN | MinC | RJ

Saudade (1899) | Óleo sobre tela, 197 x 101 cm | Pinacoteca do Estado de São Paulo | Doação Leonor Mendes Barros, 1982

Saudade (1899) | Óleo sobre tela, 197 x 101 cm | Pinacoteca do Estado de São Paulo | Doação Leonor Mendes Barros, 1982

Leitura (1892) | Óleo sobre tela, 95 x 141 cm | Pinacoteca do Estado de São Paulo | Transferido do Museu Paulista, 1905

Leitura (1892) | Óleo sobre tela, 95 x 141 cm | Pinacoteca do Estado de São Paulo | Transferido do Museu Paulista, 1905

Caipira Picando Fumo (1893) | Óleo sobre tela, 202 x 141 cm | Pinacoteca do Estado de São Paulo | Transferido do Museu Paulista, 1905

Caipira Picando Fumo (1893) | Óleo sobre tela, 202 x 141 cm | Pinacoteca do Estado de São Paulo | Transferido do Museu Paulista, 1905

O Violeiro (1899) | Óleo sobre tela, 141 x 172 cm | Pinacoteca do Estado de São Paulo | Transferido do Museu Paulista, 1947

O Violeiro (1899) | Óleo sobre tela, 141 x 172 cm | Pinacoteca do Estado de São Paulo | Transferido do Museu Paulista, 1947

Descanso do Modelo (1882) | Óleo sobre tela, 100 x 130 cm | Museu Nacional de Belas Artes | IPHAN | MinC | RJ

Descanso do Modelo (1882) | Óleo sobre tela, 100 x 130 cm | Museu Nacional de Belas Artes | IPHAN | MinC | RJ
Salvar imagem em alta resolução

Apóstolo São Paulo (sem data) | Óleo sobre tela, 97 x 77 cm | Igreja Nossa Senhora Candelária, Itu (SP)



Almeida Junior

José Ferraz de Almeida Junior nasceu em Itu, em 1850 e morreu em Piracicaba, em 1899. Teve vida breve e uma carreira de sucesso, com uma produção artística que correspondeu a todos os gêneros tradicionais de pintura do século XIX: retratos, cenas religiosas, pintura histórica e de gênero, natureza morta e paisagem.

Sua formação é feita em dois grandes centros do período: a Academia Imperial de Belas Artes do Rio de Janeiro (1869-1875) e, depois, a Escola de Belas Artes de Paris (1878-1882). Concluída a etapa de formação, fixa-se em São Paulo, dando início ao ofício sistemático de pintor, realizando grande número de encomendas.

Durante a década de 1890, intensifica a realização de pinturas de cunho regionalista – telas que representam cenas e personagens do interior paulista – sendo essa a parcela mais conhecida da sua produção. O conjuntos de sua obra, no entanto, é mais amplo e diversificado. A partir de um olhar atento e preciso sobre o meio ambiente, a cultura material e os novos agentes de sua época, Almeida Junior foi responsável pela criação de riquíssimo universo visual, de imenso impacto em uma sociedade que vivenciava a abolição da escravatura, os primeiros passos da república, a expansão da economia cafeeira e uma rápida industrialização.

A Exposição “Conhecendo Almeida Junior” traz uma seleção de 20 trabalhos, promovendo um passeio pelas principais temáticas do artista para incentivar interpretações a respeito de sua produção que abordou diversas questões do seu tempo, como a natureza, o trabalho e a vida moderna, mas também a história paulista e a própria profissão de artista. Em suas telas figuram os costumes, as cores, as paisagens e a luminosidade regional. Entre as obras selecionadas estão: Caipira Picando Fumo (1893), Amolação Interrompida (1894), Apertando o Lombilho (1895), O Violeiro(1899).

Sua trágica morte teve uma parcela de peso na história do artista, fazendo com que sua trajetória seja também lembrada por este fato. Contudo, seu reconhecimento está em levar e elevar a figura do caipira regional ao cenário nacional ao representar a vida simples do homem do interior. Tanto que, suas pinturas são, frequentemente, utilizadas em livros didáticos, revistas, artigos, textos e outras produções que tratam da temática caipira.

Texto: Fábio Bragança | Maria Cecília França Lourenço | Ana Paula Nascimento
Fonte: Almeida Junior, um criador de imaginários

Créditos
Exposição: “Conhecendo Almeida Junior”
Realização: Câmara de Vereadores de Piracicaba
Organização: Gabinete do Vereador Pedro Kawai e Associação Piracicabana dos Artistas Plásticos – APAP
Curadoria: Fábio Bragança
Fotos: Davi Negri | Dpto. Comunicação
Designer: Wesllei Manoel – Dpto. Cerimonial
Apoio: Visart

Agradecimentos aos departamentos e funcionários envolvidos:
Departamento Administrativo Financeiro
Departamento de Comunicação
Departamento TV Câmara
Departamento Cerimonial
Arquivo Histórico
Terceirizada | Recepção | Limpeza | Serviços gerais | Xerografia



Texto:  Fábio Bragança


Exposição

Notícias relacionadas