PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 3 DE DEZEMBRO DE 2021
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

19 DE OUTUBRO DE 2021

“Esse é um momento de união pela população”, defende orador


José Edvaldo Brito ocupou o espaço da tribuna popular, na noite desta segunda-feira (18), durante a 39ª reunião ordinária.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

José Edvaldo Brito ocupou a tribuna popular da Câmara nesta segunda-feira (18)






Orador popular na Câmara Municipal de Piracicaba, José Edvaldo Brito conclamou os poderes políticos a se sensibilizarem pelos problemas causados pela pandemia do novo coronavírus. “Esse é um momento de união pelo povo e pela população”, disse, ao ocupar o espaço da tribuna, na noite desta segunda-feira (19), durante a 39ª reunião ordinária.

“A minha vinda é para dizer aos senhores o seguinte: ninguém pode dizer, em 10 meses de gestão, sobre uma denúncia contra o Legislativo, nem contra o Executivo”, disse. Ele refletiu que não se deve “entrar na bolha de meia dúzia” que hoje criticam a Administração e que o caminho é buscar fazer o que está ao alcance de cada um. “Todos nós, candidatos, que ganharam e não ganharam a eleição, devemos nos unir em benefício à população”, disse.

Brito destacou que, dentre os problemas mais graves no Município, está o déficit de 180 médicos para poder suprir a necessidade mínima da saúde pública. “Chamaram concursados, mas não vem (o profissional) e outros que passam, na hora que chama não vem, a saúde exige muito”, avaliou. “O prefeito não tem onde buscar médicos, a não ser buscar empresas terceirizadas, como o exemplo do Piracicamirim, com a OS”, refletiu.

Ele elogiou a atuação da Câmara, que, depois de 21 anos, instalou duas CPIs (comissões parlamentares de inquéritos) para apurar possíveis irregularidades no contrato da merenda escolar da rede pública municipal e também em relação ao Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto), que acusa dificuldades financeiras decorrentes da PPP do Esgoto.

“Volto a repetir, apesar dos ataques que os senhores vêm recebendo, não entrem na bolha de meia dúzia de perdedores”, concluiu Brito.

 



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Tribuna Popular

Notícias relacionadas