PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE SETEMBRO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

09 DE AGOSTO DE 2022

Empresa recebe Selo Chico Mendes e será homenageada


Moção de aplausos, aprovada nesta segunda-feira, é de autoria do vereador Paulo Camolesi



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Vereador Paulo Sérgio Camolesi (PDT)



A Câmara Municipal aprovou, nesta segunda-feira (8), na 32ª reunião ordinária, a moção 135/2022, de aplausos à Dedini S/A Indústrias de Base, pela certificação, com nota máxima, pelo Instituto Internacional de Pesquisa e Responsabilidade Sócio Ambiental Chico Mendes para a renovação do uso do Selo Verde. A autoria é do vereador Paulo Sérgio Camolesi (PDT). 

O texto da propositura ressalta que o desenvolvimento de tecnologias sustentáveis para o setor industrial sucroenergético, aliado a projetos ambientais realizados internamente e também voltados à comunidade, foram preponderantes para a certificação, com nota máxima, concedida à Dedini S/A Indústrias de Base para continuidade do uso do Selo Verde. 

Além disso, o texto destaca que a empresa busca constantemente oferecer uma opção variada de entretenimento aos seus frequentadores, proporcionando um espaço eclético para o fomento à cultura, dando oportunidade para pessoas que possuem talentos divulgarem seus trabalhos. 

A renovação, feita com base nos critérios do processo Procert (Programa de Certificação pelo Compromisso com a Responsabilidade Socioambiental), avaliou o “Projeto Água” que é desenvolvido pela empresa, e concluiu que as ações da Dedini são consideradas de grande importância para o desenvolvimento sustentável do país e para a proteção do meio ambiente. O documento do instituto destaca: “Acreditamos que, através de projetos de cunho socioambiental, as empresas se colocam à frente no mercado e incentivam outras empresas a praticarem ações mais responsáveis que promovem a credibilidade e confiança dos consumidores”. 

Na justificativa do voto, Camolesi destacou os feitos conquistados pela empresa e o impacto direto no meio ambiente. "Com esse projeto, a  empresa conseguiu reduzir 29,5% do volume de água captada deste manancial, sendo que o reuso chegou a 99%. Outra ação inclui o reflorestamento. Como é importante isso, em dez anos de iniciativa de trabalho, foram plantadas 13 mil mudas nesta região. Se a gente não começar a ter essa educação, de economizar água e replantar árvores nos vazios urbanos, nós vamos ficar, vamos passar muitas necessidades", disse.



Texto:  Pedro Paulo Martins
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Reunião Ordinária Paulo Camolesi

Notícias relacionadas